Clipping Internacional

Clipping Mundo - 05/01/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

05/01/2022 09:03

(Reprodução)

Créditos da foto: (Reprodução)

 
1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

LULA-REFORMA TRABALHISTA/ Lula cita a Espanha como exemplo para revogar a reforma trabalhista no Brasil. O ex-presidente brasileiro e pré-candidato às eleições deste ano, Luiz Inácio Lula da Silva, citou a Espanha como exemplo para revogar a reforma trabalhista no Brasil, que pretende realizar caso volte ao poder em outubro, conforme indicam as pesquisas de intenção de voto. “É importante que os brasileiros acompanhem de perto o que está acontecendo com a reforma trabalhista na Espanha, onde o presidente Pedro Sánchez (PSOE) está trabalhando para recuperar os direitos dos trabalhadores”, comentou Lula em suas redes sociais. A deputada Gleise Hoffmann, presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) de esquerda, da formação de Lula, reforçou as palavras de seu líder político e disse que “há notícias promissoras neste período: Argentina revoga privatização de empresas de energia e Espanha reforma trabalhista que retirou os direitos ". (El Diário, Espanha; El Mundo, Espanha) | bit.ly/31sJimN | bit.ly/3JLb66W

PADRE JULIO LANCELOTTI/ Pregando a verdade ao poder: um padre de São Paulo enfrentando o Bolsonaro. Júlio Lancellotti é um defensor declarado dos sem-teto - uma causa que o torna impopular junto às autoridades brasileiras. Em 2017, a maioria dos brasileiros ainda desconhecia o nome Jair Bolsonaro. Mas, para Júlio Lancellotti, já havia motivo para preocupação na retórica reacionária do homem que seria eleito presidente dois anos depois sob o lema: “O Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”. “Estou surpreso que uma pessoa homofóbica como Bolsonaro apareça na cédula presidencial”, disse o padre durante a missa de 7 de março daquele ano na paróquia de São Miguel Arcanjo, na Zona Leste de São Paulo. O sermão, no qual ele também pregou contra a cultura do estupro e o sexismo, foi típico do homem que dedicou sua vida à luta contra a injustiça, muitas vezes sendo alvo de políticos conservadores como resultado. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3zqJoYu

PANDEMIA/ Covid-19: Carnaval no Rio de Janeiro cancelado novamente. Autoridades do Rio de Janeiro decidiram na terça-feira suspender os tradicionais desfiles de rua massivos do próximo carnaval por causa da progressão da variante Omicron ligada às festas de fim de ano. O Brasil é o segundo país do mundo mais enlutado pela pandemia, atrás dos Estados Unidos, com uma estimativa de 620.000 mortes por coronavírus. (La Presse, Canadá; El Espectador, Colômbia; El Clarín, Argentina; La Jornada, México; Telesur, Venezuela; diário Correo, Peru) | bit.ly/3pVI253 | bit.ly/3t7rGIi | bit.ly/3JJQj3N | bit.ly/3EYuCcO | bit.ly/31r0o4j | bit.ly/3EWm7ig

VACINA/ São Paulo exige que os funcionários públicos apresentem certificado de vacinação. O governo de São Paulo, o estado mais populoso do Brasil com 46 milhões de habitantes e o mais afetado pela pandemia Covid-19, publicou nesta terça-feira um decreto que obriga seus quase 570 mil funcionários públicos a apresentarem o certificado de vacinação contra o coronavírus. O decreto determina que todos os servidores públicos ligados direta ou indiretamente ao governo paulista ou aos órgãos da administração regional têm até o próximo domingo para apresentar o atestado que comprova que já possuem o ciclo completo de imunização (duas doses ou vacina em dose única). (El Diário, Espanha) | bit.ly/330Om23

BOLSONARO-HOSPITALIZAÇÃO/ Bolsonaro supera a obstrução intestinal e seus médicos descartam uma nova cirurgia. De acordo com boletim médico, o estado de saúde do presidente está evoluindo favoravelmente com o tratamento convencional a que é submetido, mas ainda não há previsão de alta. O líder da extrema direita brasileira, de 66 anos, foi internado com urgência na madrugada desta segunda-feira após se queixar de desconforto abdominal durante alguns dias de descanso em uma praia catarinense, de onde estava transportado de avião para São Paulo. Foi a segunda internação do presidente em seis meses pelo mesmo motivo, já que em julho de 2021 também foi internado no mesmo hospital por obstrução intestinal, que também superou com tratamento convencional e sem necessidade de cirurgia. (El Diário, Espanha; Diário de Notícias, Portugal; Página 12, Argentina; Le Nouvel Observateur, França) | bit.ly/3EY5xif | bit.ly/3t1g7CC | bit.ly/3zrbumx | bit.ly/3Hzle0Q

PANDEMIA-FLURONA/ Brasil investiga novos casos suspeitos de flurone após confirmação de seis casos. As autoridades sanitárias dos estados brasileiros de Minas Gerais, Santa Catarina e Rio de Janeiro informaram nesta terça-feira que estão investigando novos casos suspeitos de flurona, nome dado à infecção simultânea de gripe e Covid, após a confirmação dos seis primeiros casos no Brasil. (El Diário, Espanha) | bit.ly/3zuhP0H

GUERRA COMERCIAL -JBS/ Parlamentares dos EUA e Europa pedem abertura de investigação contra JBS. O presidente da Comissão de Relações Exteriores do Senado dos Estados Unidos, Bob Menéndez, o legislador britânico Ian Liddell-Grainger e o presidente da Comissão de Agricultura e Desenvolvimento Rural do Parlamento Europeu, Norbert Lins, pediram nesta terça-feira (4), em Washington, a abertura de uma investigação sobre "as práticas comerciais" da empresa brasileira de carnes JBS. Em um comunicado conjunto, os três representantes ressaltaram a "preocupação crescente" com as práticas comerciais da JBS, sua controladora J&F Investimentos e suas subsidiárias na Europa e nos Estados Unidos. Eles pedem que os EUA, o Reino Unido e a União Europeia "conduzam investigações legais e coordenadas" para garantir que "a empresa seja forçada a operar dentro dos padrões esperados de finanças, negócios e conduta ambiental". (RFI, França) | bit.ly/3zpojOg

PANDEMIA-FLURONA/Flurona’, a combinação de Covid e gripe, diagnosticada no Brasil. “Não é uma surpresa, considerando que existem dois vírus altamente infecciosos circulando no Brasil em um momento em que as pessoas estão sendo menos cuidadosas com o uso de máscaras e com o distanciamento social”, disse Jean Gorinchteyn, secretário de Saúde do Estado de São Paulo, um dos os três estados que notificaram casos de infecções simultâneas. Cerca de 60 por cento dos casos Covid testados em São Paulo, o estado mais populoso do Brasil, se originaram da Omicron, disse ele, acrescentando que a cepa provavelmente se tornaria dominante em duas semanas. “Para o sistema hospitalar, só o fato de ter um aumento da gripe e do coronavírus já é um risco”, disse Urbano. “A maioria dos casos não exigirá hospitalização, mas se o volume de infecções for muito alto, uma pequena porcentagem já é suficiente para sobrecarregar os hospitais.” (The Sydney Morning Herald, Austrália; Diario Correo, Peru) | bit.ly/3pUKHM8 | bit.ly/3zrbnaB

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

EUA-EXTREMA DIREITA/ Grupos extremistas continuam a ‘metastizar e recrutar’ após o ataque ao Capitólio. O estudo diz que enquanto alguns grupos foram tomados pela paranoia com as prisões, outros começaram a visar a política local. No ano desde a insurreição de 6 de janeiro, muitos grupos extremistas dos EUA não se recuperaram totalmente dos golpes desferidos pelo maior escrutínio da aplicação da lei e expurgos de plataformas de mídia social de grande tecnologia, descobriu um novo relatório. A pesquisa, do Laboratório de Pesquisa Forense Digital do Atlantic Council, descobriu que 12 meses após o ataque ao Capitólio por uma multidão pró-Trump, alguns grupos de extrema direita foram tomados pela paranóia enquanto as autoridades rastreavam e prendiam os participantes. Mas outros se reorganizaram, muitas vezes com ênfase na política de nível local e um ecossistema em desenvolvimento de mídia social de extrema direita. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3EZ0KwR

ARGENTINA/ A ‘Gestapo’ macrista: a perseguição de oponentes e espionagem até mesmo por conta própria. O mistério dos celulares criptografados que Alberto Fernández desvendou. O presidente colocou no centro da investigação de espionagem no governo Macri de 120 celulares criptografados, realizada pela ‘Agencia Federal de Investigación’ (AFI) de Arribas entre funcionários e pessoas próximas ao poder distribuídos pela central de espiões entre aqueles que participaram das Forças Armadas, inclusive alguns que nem tinham cargo no Estado. Um fato curioso: sabe-se que os envolvidos nessas tramas pouco utilizavam celulares criptografados. Acontece que eles estavam convencidos de que o próprio AFI de Macri os estava espionando, pois tinha as chaves de criptografia, de modo que estavam acostumados a falar sobre algumas operações obscuras acordadas com a Casa Rosada. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3mXeZvU

PERU-LAWFARE/Ministério Público do Peru abre investigação preliminar por tráfico de influência contra Pedro Castillo. O presidente está sendo investigado por suposto favorecimento a empresas que conquistaram contratos com o Estado e por suposta interferência em promoções militares. O procurador-geral do Peru, Zoraida Ávalos, abriu investigações preliminares contra o presidente Pedro Castillo por tráfico de influência agravado e conluio ao atribuí-lo a intervir "indevidamente e indiretamente" em contratos estaduais de dois milhões de dólares e também por suposta interferência em promoções militares. (El País, Espanha) | bit.ly/3FTj6k6

ALEMANHA-VACINA/ Alemanha hesita sobre vacinação obrigatória. O chanceler Olaf Scholz quer tornar a vacina obrigatória a partir de março. Correndo o risco de agravar a divisão na sociedade. Com a chegada do Omicron e uma taxa de vacinação relativamente baixa na Europa (71,2%), os alemães não veem mais outra forma que a vacinação obrigatória para acabar com a pandemia. O chanceler Olaf Scholz se comprometeu a fazer tudo ao seu alcance para garantir que a legislação entre em vigor em março. A Saxônia, com seus antivacinas, está à beira de uma explosão social. Um primeiro debate deve ocorrer no final de janeiro na Assembleia Federal, que já votou, em dezembro, a vacinação de profissionais de saúde e funcionários de hospitais e asilos (entrou em vigor no dia 15 de março). (Tribune de Genève, Suíça) | bit.ly/3FZURAG

PANDEMIA-OMICRON/ Casos de coronavírus globais atingem um recorde histórico. Os casos de coronavírus global dispararam para um novo recorde, com mais de 2,2 milhões de casos confirmados relatados na segunda-feira. No sul da África, os casos estão aumentando em Moçambique, onde o presidente Filipe Nyusi disse segunda-feira que ele e sua esposa tinham testado positivo para coronavírus e estavam se isolando. O presidente do Botswana, Mokgweetsi Masisi, também entrou em isolamento na segunda-feira após um teste positivo. A Austrália registrou quase 50.000 casos diários - um recorde em um país que, até recentemente, impedia a disseminação do vírus em grande escala pela comunidade. Na França, os legisladores estão debatendo uma lei de aprovação de vacina que exigiria que qualquer pessoa com 12 anos ou mais apr (Democracy Now, EUA) | bit.ly/32XyehP

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

EUA – a um ano da invasão do Capitólio

Bernie Sanders – EUA (The Guardian, Inglaterra) | “Nossa resolução de ano novo para 2022: levantar e lutar” | bit.ly/336lQvR

Vernon Burton, entrevistaEUA/extrema direita (Libération, França) | “Estados Unidos: ‘Minorias são alvo de discriminação eleitoral’. A cozinha eleitoral liderada pelo Partido Republicano enfraquece a democracia americana.” | bit.ly/3eQp4Xh

Frédéric AutranEUA/Biden (Libération, França) | “Joe Biden, um presidente enfraquecido em um país mais polarizado do que nunca” | bit.ly/3zsk2tf

David E. Gumpert – EUA/extrema direita (The Nation, EUA) | “A misteriosa semelhança entre o Putsch da Cervejaria e a Insurreição de 6 de janeiro no Capitólio” | bit.ly/335pvtP

Chris Arsenault EUA/extrema direita (Al Jazeera, Catar) | “Como a ameaça de extrema direita dos EUA evoluiu desde 6 de janeiro” | bit.ly/3HIxfBn

Brasil e América Latina

Emir Sader – Brasil/Colômbia (Página 12, Argentina) | “2022: tempos decisivos para Brasil e Colômbia” | bit.ly/3zuBQEo

Ernesto Londoño, Julie Turkewitz e Flávia MilhoranceAmérica Latina (The New York Times, EUA) | “Esquerdistas estão em ascensão na América Latina à medida que as principais eleições se aproximam” | nyti.ms/3ztQ9c5

Hu Yuwei e Bai Yunyi - América Latina (Global Times, China) | “Vitórias políticas de esquerda em toda a América Latina, um sinal de repúdio dos EUA, podem ajudar na cooperação ao sul, dizem especialistas” | bit.ly/32PA8kU

Stephen Gibbs – Brasil/Bolsonaro (The Times, Inglaterra) | “Jair Bolsonaro aceitaria a derrota nas eleições? O presidente de extrema direita do Brasil enfrenta uma luta pela sobrevivência política. Pode ficar feio.” | bit.ly/3pUlDVx



Conteúdo Relacionado