Clipping Internacional

Clipping Mundo - 07/11/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

07/11/2021 10:33

(Evaristo Sa/AFP/Getty)

Créditos da foto: (Evaristo Sa/AFP/Getty)

 
1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO-MACARTISMO/ 21 cientistas recusam medalha oferecida por Bolsonaro. Vinte e um cientistas condecorados com uma das maiores distinções do Brasil, a Ordem Nacional do Mérito Científico, renunciaram às medalhas. Recusa deve-se ao fato de Bolsonaro ter retirado da lista dois distinguidos cientistas cujos trabalhos aparentemente incomodam o governo brasileiro. Um dos cientistas retirados é Marcus Lacerda, autor de um dos primeiros estudos sobre a ineficácia da cloroquina contra a Covid-19, refutando assim uma das estratégias defendidas por Jair Bolsonaro para combater a pandemia. A outra cientista visada foi Adele Benzaken, demitida da liderança do departamento de HIV/Sida do Ministério da Saúde quando Bolsonaro assumiu a presidência em 2019, depois de o seu departamento ter publicado um panfleto direcionado para os homens transsexuais. (Diário de Notícias, Portugal; Público, Portugal; Tribune de Genève, Suíça; Sputnik News, Rússia; La Presse, Canadá; Global Times, China; El Desconcierto, Chile; Página Siete, Bolívia) | bit.ly/3o4KPqk | bit.ly/3ERZnAy | bit.ly/3ETRTwY | bit.ly/3Ha7wSX | bit.ly/3EPLkve | bit.ly/31srCXV | bit.ly/3kfzPVV | bit.ly/3qe1Yk5

BOLSONARO/Bolsonaro atribui Medalha de Mérito Científico a si próprio. Jair Bolsonaro, presidente do Brasil, concedeu a si mesmo a Medalha de Ordem Nacional do Mérito Científico, segundo o jornal brasileiro Estado de Minas. A lei foi publicada nesta quinta-feira no Diário Oficial. Para além desta atribuição, prevista na lei, também Marcos Pontes, ministro da Ciência, foi condecorado como chanceler da Grã-Cruz. Paulo Guedes, ministro da Economia, passa a integrar o Conselho da Ordem Nacional do Mérito Científico. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/3o9in6y

MORO/O ex-juiz da Lava Jato brasileira, Sergio Moro, lança-se na política. O ex-ministro de Bolsonaro flerta com uma candidatura à presidência, acompanhado do procurador da mesma investigação, Deltan Dallagnol, como candidato a deputado. Responsáveis por transformar a Operação Lava Jato na maior operação anticorrupção da história do Brasil, Moro e Dallagnol também foram os arquitetos de sua queda. O vazamento de mensagens entre os dois sugeria que haviam chegado a um acordo para prejudicar os acusados, principalmente, enfraqueceu os processos contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Após a anulação das condenações de Lula, vários presidiários que se sentiram assediados pelos esforços da operação conseguiram reverter as decisões judiciais. O impetuoso Lava Jato estava perdendo fôlego e o mundo político aproveitou a oportunidade para revidar. (El País, Espanha) | bit.ly/3o06P5I

AMAZÔNIA/Policiando a Amazônia: na linha de frente do desmatamento. Apesar das promessas da cúpula da COP26, as autoridades que trabalham na floresta tropical dizem que não têm recursos e apoio político. (Financial Times, Inglaterra) | on.ft.com/3GWk681

5G/Brasil arrecada bilhões em licitação 5G. As ofertas vencedoras foram para subsidiárias da Telefonica, Telecom Italia e America Movil. A Huawei foi excluída da concorrência em meio a um impasse de tecnologia entre os EUA e a China. (Deutsche Welle, Alemanha) | bit.ly/3kgf5gN

IMPOSTO DE IMPORTAÇÃO/O Brasil reduz em 10% a tarifa que está sendo discutida no Mercosul. O Brasil anunciou nesta sexta-feira que aplicará uma redução de 10% nas tarifas de 87% do universo de suas importações de bens e serviços, o que significa que já adota com antecedência uma alteração que está sendo discutida no âmbito do Mercosul. Segundo comunicado conjunto dos Ministérios das Relações Exteriores e da Economia, a redução vigorará até 31 de dezembro de 2022 e foi decidida unilateralmente e sob regulamentação do Mercosul que permite “a adoção de medidas destinadas a proteger a vida e a saúde das pessoas”. A redução da tarifa externa do bloco que o Brasil integra com Argentina, Uruguai e Paraguai é discutida há meses e já foi praticamente acertada, embora não formalizada. (Ultima Hora, Paraguai) | bit.ly/2ZZOii7

MARÍLIA MENDONÇA/ Cantora brasileira Marília Mendonça morre em acidente de avião a caminho de show. Marília Mendonça, uma das maiores cantoras do Brasil e vencedora do Grammy Latino, morreu em um acidente de avião a caminho de um show. A estrela em ascensão tocava música country, no Brasil chamada sertanejo. Ela era conhecida por abordar questões feministas em suas canções, como denunciar os homens que controlam suas parceiras e apelar para o empoderamento feminino. Mendonça foi a artista mais ouvida no Brasil no Spotify no ano passado, e estabeleceu um recorde durante a pandemia ao colocar seus shows online. Uma apresentação foi a transmissão ao vivo mais assistida no mundo, com pico de 3,3 milhões de espectadores no YouTube. (The Guardian, Inglaterra; Página 12, Argentina; El Diário, Espanha; The New York Times, EUA; Correio da Manhã, Portugal; Diário de Notícias, Portugal; Tribune de Genève, Suíça; El Clarín, Argentina; South China Morning Herald, Hong Kong) | bit.ly/304kUqI | bit.ly/3EW22ca | bit.ly/3GWk6ox | nyti.ms/3EQZwUB | bit.ly/3GWk6F3 | bit.ly/3bOUw6D | bit.ly/2ZWUYNp | bit.ly/3o8B9Ls | bit.ly/3GSM2d3

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

EUA-PLANO BIDEN/ Biden obtém alívio com a aprovação do Congresso de seu grande plano de infraestrutura de 1,2 trilhãO. O pacote de medidas voltadas para a modernização do país representa um dos maiores investimentos públicos desde os tempos da Grande Depressão e vem após meses de debate no Partido Democrata. (El País, Espanha; The Washington Post, EUA; The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3o9RSOJ | wapo.st/3wkZZeU | bit.ly/3o4HEPw

AMÉRICA LATINA/Cinco eleições num mês frenético para a América Latina. Cinco países latino-americanos preparam-se para eleições cruciais ao longo de Novembro que prometem abrir grandes mudanças no mapa da região. As eleições presidenciais na Nicarágua inauguram um ciclo intenso eleitoral na América Latina ao longo do mês de Novembro que será seguramente responsável por várias viragens de rumo nos países onde ocorrem. (Público, Portugal) | bit.ly/3EYFWpP

CHILE/ Chilenos rejeitam intenção de Piñera de manter a militarização no sul do país. Levantamento revela que 57% dos chilenos discordam da extensão do estado de exceção aplicado pelo governo de Sebastián Piñera desde outubro nas províncias reivindicadas pelas comunidades originárias do povo mapuche. O diretor da fundação que fez o estudo garante que o presidente usa a situação para reavivar a campanha eleitoral da direita. (Ahora el Pueblo, Bolívia) | bit.ly/3EVW1MD

EQUADOR/ Uma comissão parlamentar denunciou Gullermo Lasso por seus vínculos com paraísos fiscais. O chefe de Estado foi acusado de violar uma norma legal que proíbe funcionários de ter ativos ou capital em contas offshore. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3bNqeRw

NICARÁGUA/ Eleições na Nicarágua: a quem os ex-comandantes da Revolução Sandinista respaldam? Dos nove membros da antiga liderança coletiva, apenas Bayardo Arce apoia abertamente Daniel Ortega. 42 anos após a revolução na Nicarágua, Daniel Ortega volta pela oitava vez para se candidatar à presidência de seu país. Seus antigos companheiros de guerrilha não o acompanham mais e em muitos casos o acusam de ter se tornado um ditador. Daniel Ortega está em seu quinto mandato na Nicarágua. O candidato da Frente Sandinista de Libertação Nacional ainda precisa ultrapassar cinco outros candidatos nas urnas neste domingo, mas nenhum parece ter chances sérias. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3o4KROY | bit.ly/3kgf6Bn

COP26-MANIFESTAÇÕES/‘A hora de mudar é agora’: manifestantes em todo o mundo exigem ações sobre a crise climática. Até 100.000 pessoas enfrentaram a chuva de Glasgow enquanto 22 eram presos depois que cientistas bloquearam a ponte. Pessoas em quase todos os continentes estavam se reunindo para marchas e comícios no sábado para marcar um Dia Global pela Justiça Climática, na metade da cúpula sobre mudança climática de Glasgow. Ativistas nas Filipinas, oito horas à frente do Reino Unido, já haviam terminado seu comício enquanto os manifestantes se reuniam na Escócia. Também houve comícios na Coréia do Sul, Indonésia, Holanda e França. O braço belga da Rebelião da Extinção ocupou uma rua em Bruxelas. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3o9xKMz

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

BRASIL

Eric Nepomuceno - Brasil/Bolsonaro (Página 12, Argentina) | “Outra vez, o insupervel Jair Bolsonaro se supera” | bit.ly/3BTHwac

Naiara Galarraga GortázarBrasil/Pobreza (El País, Espanha) | “Réquiem pelo Bolsa Família, o programa de Lula contra a pobreza” | bit.ly/3GYHNwv

Terrence McCoy, reportagem – Brasil/Indígenas (The Independent, Inglaterra) | “Grupos indígenas na Amazônia lutam contra os missionários” | bit.ly/31Ed6MZ

Paulo Trevisani e Juan Forero Brasil/Meio ambiente (The Wall Street Journal, EUA) | “Agricultores brasileiros que protegem a floresta amazônica gostariam de ser pagos” | on.wsj.com/3EQGRZc

Luís Fernando Guedes Pinto - Brasil/Meio ambiente (The Guardian, Inglaterra) | “O Brasil irá aproveitar as oportunidades climáticas na Amazônia, que armazena carbono?” | bit.ly/31u7S6g

Paulo Trevisani e Juan Forero Brasil/Meio ambiente (The Wall Street Journal, EUA) | “Agricultores brasileiros que protegem a floresta amazônica gostariam de ser pagos” | on.wsj.com/3EQGRZc

OUTROS PAÍSES

Robert Reich – EUA (The Guardian, Inglaterra) | “Não é tudo sobre a guerra cultural - os democratas ajudaram a ludibriar a classe trabalhadora” | bit.ly/3EXcFM9

Eric Posner – Big Tech/Facebook (Project Syndicate, EUA) | “O desastre Facebook fora dos EUA” | bit.ly/3wlT6tI

Mario Koran, reportagem – EUA/racismo estrutural (The Guardian, Inglaterra) | “Ativistas de direitos civis relatam uma relação "aconchegante" entre as forças de segurança de Kenosha e os vigilantes de direita” | bit.ly/3kgf6RT

Santiago O’DonnellJulian Assange (Página 12, Argentina) | “Assange” | bit.ly/3EPLqTC

Rosa Moussaoui- Cuba/EUA (L’Humanité, França) | “América Latina: Washington continua a asfixiar Cuba” | bit.ly/3o6vKof

David CufréArgentina (Página 12, Argentina) | “As alternativas em jogo: Que fazer com o FMI? Negociar, pagar ou repudiar?” | bit.ly/3GWpGHB

Gabriel Hetland – Nicarágua/eleições (Le Monde Diplomatique, França) | “Na Nicarágua, uma eleição privada da oposição. Sete candidatos presidenciais presos desde junho” | bit.ly/3qdzqHq

Luke Savage – EUA/Biden (Jacobin, EUA) | “Joe Biden está nos dando a presidência que a esquerda sempre previu” | bit.ly/3q9Odmp



Conteúdo Relacionado