Clipping Internacional

Clipping Mundo - 07/12/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

07/12/2021 09:08

(Reprodução)

Créditos da foto: (Reprodução)

 
1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

PASSAPORTE VACINAL/ STF convoca Governo a responder sobre o certificado de vacinação para ingressar no país. O Supremo Tribunal Federal deu nesta segunda-feira prazo de 48 horas para o governo do presidente Jair Bolsonaro explique sua recusa em impor a obrigatoriedade do certificado de vacinação contra o Covid-19 aos passageiros do exterior. A adoção da restrição também é recomendada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Defensoria Pública e Tribunal de Contas da União (órgão consultivo do Congresso), principalmente após o surgimento do Omicron, uma nova variante do aparente mais contagiosa da Covid. Apesar das recomendações, Bolsonaro disse na semana passada que seu governo não pretende implementar o chamado "passaporte da saúde" porque, em sua opinião, "a liberdade é acima de tudo" e cada cidadão pode decidir se vai ou não vacinar. (El Diário, Espanha; Página Siete, Bolívia) | bit.ly/3Isw4H7 | bit.ly/3IkWWsC

PANDEMIA/ O Brasil emerge do ‘pesadelo’ da Covid por meio de blitz de vacinação. Os brasileiros recebem bem as vacinas, apesar do ceticismo do líder Jair Bolsonaro. (Financial Times, Inglaterra) | on.ft.com/3pztxlV

PREÇO COMBUSTÍVEL/ Petrobras deixa no ar a baixa de combustível adiantada por Bolsonaro. A estatal brasileira Petrobras esclareceu que não tomou "nenhuma decisão" sobre uma possível queda no preço dos combustíveis, como antecipou o presidente Jair Bolsonaro neste domingo. “A Petrobras não antecipa decisões de reajustes e reforça que não há decisão de seu Grupo Executivo de Mercado e Preços que ainda não tenha sido divulgada ao mercado”, afirmou a estatal. No acumulado do ano, o diesel subiu 65% e a gasolina ainda mais, 73%, nas refinarias do país, reajuste que vem sendo repassado progressivamente ao consumidor final. A alta dos combustíveis também tem sido um dos fatores determinantes que empurrou a inflação acima de dois dígitos (10,7%) no país. (El Diário, Espanha) | bit.ly/3ou7VYL

INFLAÇÃO/ Pela primeira vez no Brasil Mercado prevê inflação acima da meta em 2022. As projeções para a inflação no Brasil no próximo ano não são otimistas para o mercado, que pela primeira vez acredita que ultrapassará a meta estabelecida para 2022. Se os cálculos dos economistas forem cumpridos, o próximo seria o segundo ano consecutivo em que a o país teria uma inflação fora da meta estabelecida. O emissor estabeleceu uma meta de inflação de 3,5% para 2022, com faixa de tolerância de 1,5 pontos percentuais para cima (5,0%) ou para baixo (2,0%). A inflação no Brasil nos primeiros dez meses do ano situa-se em 8,24% e em relação ao mesmo período do ano anterior (últimos 12 meses) em 10,67%, acréscimo atribuído principalmente ao aumento dos combustíveis. (El Diário, Espanha; Última Hora, Paraguai) | bit.ly/3GpcFF9 | bit.ly/31DuyRX

PRIVATIZAÇÕES/ Petrobras anuncia a conclusão da venda de três termelétricas. A petrolífera estatal Petrobras, maior empresa do Brasil, anunciou esta segunda-feira a conclusão da venda de três termelétricas à São Francisco Energia S.A. em um negócio de 61 milhões de reais (cerca de 10,7 milhões de dólares). A venda dos três geradores térmicos, localizados em Camaçari, município do interior do estado da Bahia (Nordeste), foi concluída após o “cumprimento das condições anteriores” e seu valor já considera os reajustes previstos em contrato, conforme explicitado pela empresa em um comunicado. (El Diário, Espanha) | bit.ly/31s9GNH

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

CHILE/ Mais de 500 escritores chilenos apoiam a candidatura presidencial de Gabriel Boric. Os 500 escritores juntaram-se a mais de 1.000 artistas chilenos. O poeta Raúl Zurita, vencedor do Prêmio Nacional de Literatura, entrega lista de apoio ao porta-estandarte da esquerda menos de duas semanas antes do segundo turno. Raúl Zurita, Alejandra Costamagna, Juan Cristobal Peña, Francisco Ortega e Patricio Fernández são alguns dos 501 poetas e escritores que nesta segunda-feira explicitaram seu apoio ao candidato à presidência do Chile, Gabriel Boric. O candidato de esquerda, que no dia 19 de dezembro disputará o La Moneda contra o extrema-direita José Antonio Kast, recebeu a lista do próprio Zurita, Prêmio Nacional de Literatura de 2000 e um dos poetas mais reconhecidos do Chile. O endosso dos escritores de Boric se junta ao de pintores, atores e músicos. (El País, Espanha) | bit.ly/3IsEL4b

PERU/ Decide-se no Congresso peruano se ocorrerá o debate sobre o impeachment do presidente Castillo. O partido Peru Libre, para o qual o presidente foi eleito, recusou-se a apoiar a demissão, embora tenha sido reconhecido "tendo sérias discrepâncias com o governo". Na manhã desta terça-feira, o Congresso peruano realizará uma sessão em que poderá decidir se discute a moção de vaga por incapacidade moral permanente apresentada no final de novembro contra o presidente Pedro Castillo por legisladores de três partidos de direita: Avanza País, Força Popular e Renovação Popular. (La Diaria, Uruguai) | bit.ly/3pxLbqc

CUBA/ Cuba inicia reforço contra Covid-19 com suas próprias vacinas. Cuba iniciou a aplicação de vacinas de reforço contra Covid-19 em sua população com dois de seus próprios antígenos, Soberana Plus e Abdala, informaram nesta segunda-feira cientistas e autoridades sanitárias. A nação caribenha é a única do continente que desenvolveu seus próprios injetáveis, com os quais já protegeu 83% de sua população com esquema completo - três doses -, incluindo crianças maiores de dois anos. (La Jornada, México) | bit.ly/31zB3VE

COLÔMBIA/ Relatório alerta que 21 milhões de pessoas na Colômbia têm dificuldade para comprar alimentos. As crianças indígenas de zero a doze anos e a população das áreas rurais são as que mais sofrem com a desnutrição e a insegurança alimentar. (Ahora el Pueblo, Bolívia) | bit.ly/31zB4sG

GUERRA FRIA/ EUA farão boicote diplomático aos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim. A China chama de uma "farsa" ao espírito olímpico. Pequim rejeita o não comparecimento e diz que as autoridades americanas não foram convidadas em primeiro lugar, enquanto outros países consideram suas posições. A Casa Branca confirmou que vai encenar um boicote diplomático às Olimpíadas de Inverno de 2022 em Pequim, na última medida que vai alargar ainda mais o fosso em uma relação bilateral já tensa. A última vez que os Estados Unidos encenaram um boicote total às Olimpíadas foi durante a Guerra Fria em 1980, quando o ex-presidente Jimmy Carter esnobou os Jogos Olímpicos de Moscou junto com outros 64 países e territórios. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3IszwSo | bit.ly/31s9Kgp

PANDEMIA-OMICRON/Omicron prova que não estamos no controle da Covid - apenas uma ação global pode parar esta pandemia. Se continuarmos permitindo que este vírus se espalhe por populações não vacinadas, a próxima variante pode ser ainda mais mortal. Já se passaram quase dois anos desde que ouvimos falar da Covid-19 pela primeira vez e um ano desde que as primeiras vacinas da Covid foram lançadas. No entanto, esse progresso impressionante está sendo desperdiçado. Há meses nos afastamos, com países mais ricos, adotando um foco doméstico muito limitado, induzidos a pensar que o pior da pandemia havia ficado para trás. Essa variante nos lembra a todos que continuamos mais perto do início da pandemia do que do fim. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3pwnmPK

PANDEMIA-QUARTA ONDA/ Covid, quarta onda e variante Omicron assustam: entre medidas para quem entra e restrições para os antivacinas. Aqui estão as principais medidas no mundo. A Alemanha introduziu bloqueios não vacinados. Na Índia, você tem que esperar seis horas pelo resultado do teste antes de sair do aeroporto. Enquanto a China permanece praticamente impenetrável para estrangeiros. A incerteza quanto aos efeitos da nova variante, o medo de voltar a uma situação de emergência semelhante às já vividas nos últimos dois anos. Pego de surpresa pelo súbito aparecimento da Omicron, o mundo toma contramedidas na tentativa de salvar, pelo menos parcialmente, as próximas férias. Entre restrições de viagens, exigências de vacinação ou passes verdes, impulso para a campanha da terceira dose, essa é a situação nos cinco continentes. (La Repubblica, Itália) | bit.ly/3Dz2nRb

EUA-VACINA/ Nova York impõe vacinação obrigatória para trabalhadores do setor privado. A cidade de Nova York anunciou a obrigatoriedade de vacinação contra Covid-19 para trabalhadores do setor privado no final de dezembro, medida "preventiva" que não tem precedente no país, segundo o prefeito Bill de Blasio. De Blasio acrescentou que as políticas de vacinação da cidade serão atualizadas nesse mesmo dia para que sejam necessárias duas doses em vez de uma para poder entrar no interior de restaurantes e outros locais, como vinha sendo solicitado desde agosto passado. (El Periodico, Espanha) | bit.ly/3duPQ6S

EUA-CÚPULA DEMOCRACIA/ A ‘Cúpula pela Democracia’ de Biden inclui países que dificilmente parecem se qualificar. O Paquistão, alerta o Departamento de Estado, tem mais de uma dúzia de problemas graves de direitos humanos, de "assassinatos extrajudiciais" a "desaparecimento forçado pelo governo ou seus agentes", a "prisioneiros políticos" a "severas restrições à liberdade religiosa" ao "tráfico de pessoas". Mas na quinta-feira, o Paquistão se juntará a cerca de 110 outros países em uma “Cúpula pela Democracia” de dois dias convocada pelo presidente Biden, com o objetivo de reunir as nações do mundo contra as forças do autoritarismo. Ao criar uma lista de convidados que parece dividir o mundo em mocinhos e malvados - apesar de uma forte negação por parte da Casa Branca de qualquer intenção desse tipo - o governo gerou tensões e raiva em vários países, ao mesmo tempo destacando que o globo dificilmente é binário. (The Washington Post, EUA) | wapo.st/3DuZdxW

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Emir Sader – Brasil/Lula (Página 12, Argentina) | “Brasil: Lula da Silva, o favorito” | bit.ly/3pB9UK9

Vladimir Safatle – Chile (El País, Espanha) | “Anda Chile, anda e vence!” | bit.ly/31yPiuc

Guido Vassalo – Chile/eleições (Página 12, Argentina) | “A repartição territorial dos resultados para a votação. A votação para Gabriel Boric foi maior nas grandes comunas” | bit.ly/31zB6AO

Katrin Benhold – Alemanha/esquerda (The New York Times, EUA) | “O novo chanceler da Alemanha pode reviver a esquerda na Europa?” | nyti.ms/3DDkbuE

David Smith- EUA/extrema direita (The Guardian, Inglaterra) | “‘É quem eles são’: foto de fetiche por arma, um símbolo da humilhação republicana sob Trump”. A foto incendiária de Thomas Massie, dias depois de um tiroteio mortal em uma escola em Michigan, parecia cuidadosamente calibrada como provocação.” | bit.ly/3y97IgX

Jared OlsonHonduras/esquerda (The Nation, EUA) | “Honduras elege uma socialista - mas ela terá permissão para governar? A administração de Xiomara Castro não terá vida fácil: redes corruptas permeiam todos os ramos do governo.” | bit.ly/31tsjAT

Antoine SchwartzFrança/neoliberalismo (Le Monde Diplomatique, França) | “Cuidado com a jovem guarda do liberalismo. Contra a burocracia e os padrões, pela liberdade no modo Uber” | bit.ly/31DFdf2

Patrick Cockburn – Europa/crise migratória (Counterpunch, EUA) | “O Ocidente ajudou a criar as condições que obrigaram iraquianos, iranianos e sírios a cruzar o Canal.” | bit.ly/3pxP2nk



Conteúdo Relacionado