Clipping Internacional

Clipping Mundo - 12/11/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

12/11/2021 10:26

(Victor Moriyama/The New York Times)

Créditos da foto: (Victor Moriyama/The New York Times)

 
1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

TRUMP-BOLSONARO/ A conexão Bolsonaro-Trump que ameaça as eleições brasileiras. Com os números das pesquisas em queda, o presidente Jair Bolsonaro já questiona a legitimidade da eleição do próximo ano. Ele tem ajuda nos Estados Unidos. “Bolsonaro já está colocando na cabeça das pessoas que não aceitará a eleição se perder”, disse David Nemer, um professor brasileiro da Universidade da Virgínia. “No Brasil, isso pode sair do controle.” Steve Bannon, o ex-estrategista-chefe de Trump, disse que o presidente Bolsonaro só perderá se "as máquinas" roubarem a eleição. O deputado Mark Green, um republicano do Tennessee que promoveu leis de combate à fraude eleitoral, se reuniu com legisladores no Brasil para discutir “políticas de integridade de voto”. Eles estão rotulando seus rivais políticos de criminosos e comunistas, construindo novas redes sociais onde ele pode evitar as regras do Vale do Silício contra a desinformação e ampliando suas alegações de que as eleições no Brasil serão fraudadas. Juntando-se ao presidente Bolsonaro em Washington estava seu filho, Eduardo. Deputado e ex-policial, Eduardo Bolsonaro já usava chapéus Trump e posava com rifles de assalto no Facebook. Ele então emergiu como o principal elo de ligação do Brasil com a direita americana, visitando os Estados Unidos várias vezes por ano para se reunir com Trump, Jared Kushner, senadores republicanos e um grupo de analistas de extrema direita e teóricos da conspiração. (The New York Times, EUA) | nyti.ms/3c6Q7Mu

PESQUISA ELEITORAL/ Pesquisa aponta Lula vencedor das eleições no Brasil. O levantamento mostra ainda que o melhor presidente que o país já teve é Lula da Silva, na opinião de mais de 40% dos consultados. Segundo a pesquisa, 70 por cento das pessoas consultadas acham que há corrupção no governo de Jair Bolsonaro. Na pesquisa do Vox Populi Lula obteria 44% dos votos, enquanto o atual presidente Jair Bolsonaro obteria 21%; Ciro Gomes teria 4%; Sergio Moro 3 por cento; José Luiz Datena 3 por cento; João Doria 1 por cento; e Luiz Henrique Mandetta 1 por cento e Rodrigo Pacheco 0 por cento. A pesquisa construiu um suposto cenário sem o Bolsonaro, em que Lula continua sendo o favorito, alcançando 45% do total de votos expressos. (Telesur, Venezuela) | bit.ly/30cSZES

LULA/ Lula da Silva inicia turnê de 10 dias pela Europa. O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva fará um tour de 10 dias pela Europa a partir de hoje, onde terá encontros com lideranças políticas e sociais, e será homenageado em Paris. Alemanha, Bélgica, França e Espanha serão algumas das nações onde o fundador do Partido dos Trabalhadores (PT) terá compromissos e diálogos no cenário mundial e na América Latina. O ex-presidente brasileiro dará início à agenda na Alemanha. Em Berlim, ele se encontrará com Martin Schulz, ex-líder do Partido Social Democrata Alemão e ex-Presidente do Parlamento Europeu. (Últimas Notícias, Venezuela; Ahora el Pueblo, Bolívia; Soy Chile, Chile) | bit.ly/3C8ajbl | bit.ly/3D5RzKV | bit.ly/3n46PCg

WELLINGTON DIAS/ Um governador brasileiro teste positivo para a Covid na COP26 em Glasgow. O governador do Piauí, Wellington Dias, testou positivo para Covid-19 durante sua participação na cúpula do clima COP26 em Glasgow e, se o diagnóstico for confirmado no contrateste, ele permanecerá em quarentena no Reino Unido. Dias deu positivo "durante os exames obrigatórios realizados diariamente no âmbito da COP26", que se realiza na capital escocesa. (El Diário, Espanha) | bit.ly/3n8PNmH

TRIBUNAL DE HAIA/ Jair Bolsonaro é denunciado perante o Tribunal Penal Internacional por crimes contra a humanidade. Uma entidade de juristas brasileiros denunciou o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, por crimes contra a humanidade durante a pandemia perante o Tribunal Penal Internacional (TPI) em Haia, na Holanda. Bolsonaro cometeu "crimes contra a humanidade" por ter defendido "a imunidade de rebanho, boicotado o programa de vacinação e contra as políticas de saúde", diz a denúncia da Associação Brasileira de Juristas pela Democracia (ABJD). A acusação é baseada no relatório de mais de 1.200 páginas elaborado pela Comissão Parlamentar de Investigações (CPI) sobre a pandemia criada no Senado. (El Clarín, Argentina) | bit.ly/3wFZw7c

OPINIÃO DO ‘MERCADO’/ Presidente Jair Bolsonaro é ruim para a economia do Brasil. Uma emenda constitucional marca um retorno à incontinência fiscal. Guedes está apoiando uma tentativa dissimulada do governo de contornar o limite constitucional para os gastos públicos estabelecido em 2016, que foi um passo crucial para ‘endireitar’ as finanças do país. Ele e Jair Bolsonaro, o presidente, presidem não apenas a um retorno à incontinência fiscal, mas também a outros males econômicos que têm afetado o Brasil: aumento da inflação, altas taxas de juros e baixo crescimento. E as travessuras orçamentárias, por sua vez, criaram incerteza sobre o futuro do principal programa social do país. (The Economist, Inglaterra) | econ.st/3DcS2uL

COP26/ O Brasil cede à negociação do mercado de carbono, além de um consenso ainda e desconhecido. Deve haver dois países que dificultam a pactuação da criação de um mercado global de carbono na última Conferência do Clima da ONU, realizada em Madri há dois anos, ou o Brasil cedeu no assunto na COP26, em Glasgow, em busca de um consenso. O assunto e tratado fora do âmbito do Artigo 6 do Acordo de Paris sobre o Clima e os dois que permanecem bloqueados no final da cúpula, com encerramento previsto para esta sexta feira (12). (RFI, França) | bit.ly/3ccky3H | bit.ly/3Cbi28L

INFLAÇÃO/ A inflação duplica as piores expectativas do governo brasileiro. O Banco Central previu um aumento nos preços ao consumidor de até 5,25%, mas em outubro o número ultrapassou 10% em relação ao mesmo período do ano passado. A inflação de outubro no Brasil tornou-se a mais alta dos últimos 20 anos, principalmente devido ao sexto aumento consecutivo nos preços dos combustíveis. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o aumento dos preços ao consumidor é de 10,67%. (La Diária, Uruguai) | bit.ly/3c3KgHB

ÍNDIOS-HISTÓRIA/ Cartas históricas do Brasil revelam o anseio da nação por unidade. A guerra holandesa/portuguesa de 1645 dividiu o povo Potiguara, mas a correspondência de seus líderes através das linhas de batalha foi finalmente traduzida do tupi. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/30pcJFB

GREVE/ Funcionários consulares do Brasil ameaçam fazer greve. Dois postos consulares portugueses vão funcionar para si no Brasil, ameaçam fazer greve geral durante anos "baixos salários", na ordem de "400 euros". Para o presidente do Conselho Regional da América Central e do Sul, António Graça, é um problema "muito grave", que teme ser resolvido ou o mais rapidamente possível, sob pena de uma eventual paralisia causando graves prejuízos ao longo dos anos. (Jornal de Notícias, Portugal) | bit.ly/30julm8

PT/ Polêmica no Brasil após o partido de Lula celebrar ‘a vitória’ de Ortega na Nicarágua. O Partido dos Trabalhadores retirou nota publicada em seu site que elogiava o resultado de eleições sem adversários, medida que constrange o ex-presidente na hora de sua volta ao governo. No momento em que Lula se apresenta como um provável candidato à presidência e anuncia uma agenda de encontros internacionais com lideranças europeias, o gesto do PT surpreendeu. Em agosto, Lula aconselhou Ortega a não renunciar à democracia. “Se eu pudesse dar um conselho a Daniel Ortega - eu daria a ele e a qualquer outro presidente - [eu diria a ele] não renuncie à democracia. Não pare de defender a liberdade de imprensa, de comunicação, de expressão, porque é isso que favorece a democracia ”, disse Lula em entrevista. (El País, Espanha) | bit.ly/3C8eLqI

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA/ Alberto Fernández fecha campanha esperando milagre nas urnas no domingo. A oposição pede voto para retirar a maioria do kirchnerismo no Senado argentino. O presidente liderou o encerramento de uma campanha eleitoral que teve o árduo objetivo de reverter a catástrofe que sofreu nas urnas nas primárias de setembro. (El País, Espanha) | bit.ly/3DcOx7A

BOLÍVIA/ Apoio massivo ao governo de Luis Arce. Em ato político de Cochabamba, o presidente alertou sobre as tentativas da direita de desestabilizar o governo. O presidente da Bolívia, Luis Arce, recebeu o apoio de organizações sociais de Cochabamba após os violentos protestos contra o governo nacional. Além disso, uma grande manifestação em apoio ao presidente se mobilizou na Praça Abaroa em La Paz para denunciar o que consideram uma nova tentativa de golpe de Estado. Após violentos protestos liderados por setores da direita boliviana, uma massiva mobilização a favor do governo percorreu as ruas de La Paz carregando a bandeira indígena Wiphala. Os manifestantes gritaram "golpe assassino" e "a direita não vai passar", alertando que pode ocorrer um cenário semelhante ao golpe que derrubou o então presidente Evo Morales. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3DcOrNg

CUBA/ Turistas já podem ir a Cuba. Fronteiras reabertas a 15 de Novembro. Até essa data, mais de 90% da população com mais de 2 anos de idade estará vacinada de acordo com o calendário estabelecido. Todos os viajantes têm que apresentar o certificado de vacinação ou apresentar um teste PCR negativo realizado não mais de 72 horas antes do embarque, exceto as crianças menores de 12 anos. A Embaixada Cubana em Portugal afirma que todos os trabalhadores do turismo, transportes, imigração, aviação e alfândegas, bem como os trabalhadores da saúde, receberão uma dose extra de reforço. (Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/3He19Oh

PORTUGAL/ Portugal proibiu os patrões de contatar seus empregados fora do horário de trabalho. A nova lei foi sancionada após detectar como, na virtualidade, a jornada de trabalho e a carga horária se estendiam para o horário indeterminado. Essa nova regra será estendida a todos os trabalhadores, não apenas aos que trabalham à distância. De acordo com o regulamento, as exceções só são permitidas por motivo de "causa principal", limitando-se a situações realmente imprevistas ou urgentes. Claro que as alterações à legislação laboral portuguesa terão limites: não serão aplicáveis às empresas com menos de dez trabalhadores. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3DdkH2K

ECONOMIA DE PLATAFORMA/ Controle algorítmico tem efeitos nocivos na saúde dos trabalhadores. A monitorização dos trabalhadores e dos objetivos do seu trabalho através de algoritmos está a pôr em causa a saúde mental dos trabalhadores e, por isso, é necessária nova legislação. A conclusão é de um grupo de parlamentares do Reino Unido que querem avançar com uma proposta de lei pela “responsabilização dos algoritmos”. A proposta pretende obrigar as empresas a avaliar o efeito de regimes de avaliação da performance dos trabalhadores, tais como a monitorização de filas nos supermercados ou número de entregas por hora para trabalhadores de entregas. (Esquerda.net, Portugal) | bit.ly/3F8ze0n

EUROPA-PANDEMIA/ Europa concentra sua nova onda de restrições aos não vacinados. A Áustria optou pela regra que exclui pessoas não vacinadas de restaurantes ou cabeleireiros, medida que também se aplica a algumas regiões alemãs. Dinamarca recupera passaportes Covid após abandoná-los em setembro, com a Holanda e Grécia expandindo seu uso. A ‘pandemia dos não vacinados’ coloca a Alemanha em níveis máximos de infecções. (El Diário, Espanha) | bit.ly/30jSBUX

ALEMANHA-EXTREMA DIREITA/ A colíder alemã de extrema direita da AfD, Alice Weidel, contrai Covid. Alice Weidel, líder conjunta do partido de extrema direita Alternativa para a Alemanha, testou positivo para coronavírus. Há muito ela reclama dos requisitos de vacinação e das restrições do Covid. Durante a recente campanha para as eleições federais, Weidel fez campanha contra as restrições às liberdades civis e reuniões públicas para conter a pandemia. Há muito tempo ela enfatiza que ela própria não foi vacinada contra Covid. (Deutsche Welle, Alemanha) | bit.ly/3CbEjTR

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Eliane Brum – Brasil/Meio ambiente (El País, Espanha) | “O negacionista ‘sincero’ pode nos levar à extinção” | bit.ly/3wJnPkO

Mariana Mazzucato – Capitalismo/Regulação (Social Europe, Europa) | “Um novo consenso econômico global. A pandemia destacou as deficiências da desregulamentação econômica e da liberalização do mercado, e um novo paradigma de formulação de políticas está surgindo.” | bit.ly/3CmnrKh

Ajamu Baraka – EUA/Imperialismo (Counterpunch, EUA) | “Guerra de classes e resistência socialista: Nicarágua, Cuba, Venezuela como ameaças existenciais aos EUA” | bit.ly/30hfPeo

Paul Krugman – EUA/economia (The New York Times, EUA) | “A história mostra: não entre em pânico com a inflação” | nyti.ms/3C8acfV

Robert Reich – EUA/monopólios (The Guardian, Inglaterra) | “Precisamos conversar sobre a verdadeira razão por trás da inflação nos EUA. Os gigantes corporativos estão aumentando os preços ao mesmo tempo em que arrecadam lucros recordes. Como isso pode ser? Por causa de seu poder não controlado” | bit.ly/3ksBqaX

David Rohde – EUA/extrema direita (The New Yorker, EUA) | “A investigação de 6 de janeiro se aproxima de Donald Trump” | bit.ly/3n54erT

Camila Mortágua – Meio Ambiente/COP26 (Esquerda.net, Portugal) | “Cimeira dos Povos pela Justiça Climática: é agora ou nunca.” | bit.ly/3CcIuyF

Carlos Leonardo Vázquez González, entrevista – EUA/Cuba (Ahora el Pueblo, Bolívia) | “Agente secreto cubano que se infiltrou nos círculos de oposição revela técnicas dos EUA para formar grupos e promover protestos antigovernamentais” | bit.ly/3n6R4uz

Elie Mystal e Bree Newsome, entrevista – EUA/Extrema direita (Democracy Now, EUA) | “Supremacia branca em julgamento: de Rittenhouse em Kenosha aos assassinos de Ahmaud Arbery, eles serão libertados?” | bit.ly/2YGkCWp

Chip Gibbons – Julian Assange (Jacobin, EUA) | “A extradição de Julian Assange para os Estados Unidos resultaria em graves violações dos direitos humanos” | bit.ly/3CcbWEO

Jorge Costa, entrevistaPortugal (Jacobinlat, América Latina) | “A esquerda nas eleições de Portugal” | bit.ly/3c7riQE

Carlo Formenti – Neoliberalismo (Sinistra in Rete, Itália) | “História da utopia neoliberal. Com algumas reflexões finais sobre as esquerdas Hayekianas” | bit.ly/30fZNlh

Conteúdo Relacionado