Clipping Internacional

Clipping Mundo - 13/01/2022

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

13/01/2022 08:50

(angellodeco/Stock)

Créditos da foto: (angellodeco/Stock)

 
1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

BOLSONARO-PANDEMIA/ Bolsonaro afirma não entender "essa enorme preocupação" com a covid-19. O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, afirmou que não entendia "essa enorme preocupação" com a Covid-19, que já matou mais de 620 mil brasileiros, e mais uma vez minimizou o número de mortes de crianças entre 5 e 11 anos pelo coronavírus e que seu governo conta com pelo menos 311. "A Omicron não matou ninguém. Quem morreu em Goiás não era uma Omicron”. O chefe de Estado, que censura o uso de máscara e questiona a eficácia das vacinas desde o início da crise sanitária, também ecoou estudos que não especificaram que indicam que a Omicron "é bem-vinda" porque "pode indicar o fim da pandemia". (El Diário, Espanha; Sputnik News, Rússia; Diário de Notícias, Portugal; La Presse, Canadá; El Clarín, Argentina; Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/3K8dogQ | bit.ly/3HWl4Re | bit.ly/31TAWVo | bit.ly/3FtRKjn | bit.ly/33jajK9 | bit.ly/3rdynWQ

BOLSONARO-STF/ Bolsonaro ataca STF antes das eleições. O presidente brasileiro Jair Bolsonaro acusou dois juízes do Supremo Tribunal de parcialidade contra ele antes das próximas eleições. O presidente brasileiro Jair Bolsonaro acusou na quarta-feira dois ministros do Supremo Tribunal, Luis Roberto Barroso e Alexandre de Moraes, de serem tendenciosos contra ele. "Barroso e Alexandre de Moraes querem que Lula seja presidente", disse Bolsonaro. Pesquisas recentes mostram que Lula derrotaria com folga Bolsonaro na eleição. Uma pesquisa do Banco Genial/Quaest Pesquisas divulgada na quarta-feira apontou que Lula obteria 54% dos votos no segundo turno decisivo da eleição, com Bolsonaro conquistando 30%. Bolsonaro criticou o sistema de votação eletrônica do país antes da eleição, chamando-o de fraudado contra ele. Há preocupações de que ele possa não conceder se perder a corrida. (Deutsche Welle, Alemanha; El Diário, Espanha; Público, Portugal) | bit.ly/3GpGuWB | bit.ly/3GpGuWB | bit.ly/3njG8JG

PESQUISA ELEITORAL/ Lula mantém vantagem sobre Bolsonaro antes das eleições presidenciais. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva mantém uma clara vantagem para as eleições presidenciais deste ano no Brasil, onde a inflação e o ressurgimento da pandemia de Covid-19 são as questões que mais preocupam os eleitores, mostrou uma pesquisa publicada nesta quarta-feira. Lula ganharia 45% dos votos, ante 23% do presidente do país, Jair Bolsonaro, se as eleições fossem hoje, segundo pesquisa do Banco Genial/Quaest Pesquisas. (La Jornada, México; Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/3rbKrYN | bit.ly/3HYvQqg

AMBIENTALISTAS ASSASSINADOS/ Criadores de tartarugas brasileiros são mortos a tiros junto com filha adolescente. Ativistas ambientais lamentam mortes no estado do Pará, no estado do Amazonas, com corpos de José Gomes, Márcia Nunes Lisboa e sua filha encontrados pelo filho. A polícia do estado do Pará, na Amazônia brasileira, está investigando o assassinato de três membros da mesma família que foram mortos a tiros na casa ribeirinha onde criavam tartarugas. Nas redes sociais, ambientalistas e ativistas de direitos humanos lamentaram a perda da família. “Eles trabalhavam pela vida no rio, pela vida na terra e pela vida em geral. E eles foram mortos, suas vidas tiradas a tiros”, escreveu Marina Silva, ex-ministra do Meio Ambiente, em um post no Twitter. O Pará, que tem uma área cinco vezes maior que a do Reino Unido, tem sido um dos estados mais mortíferos do Brasil para defensores da terra, com menos de 5% dos assassinatos por conflitos de terra indo a tribunal, de acordo com a Comissão Pastoral da Terra, um órgão de vigilância da violência na terra. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3riDHrQ

BOLSONARO-BORIC/ Jair Bolsonaro não comparecerá à posse de Gabriel Boric como presidente do Chile. O presidente brasileiro não quis dar detalhes de sua decisão para evitar "problemas". A decisão do líder de extrema-direita pode estar relacionada ao fato de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva parabenizar Boric pela vitória em 19 de dezembro, dia da votação. Bolsonaro mencionou de passagem a vitória do ex-líder estudantil progressista e, em uma de suas tradicionais transmissões nas redes sociais, garantiu que “praticamente metade da população” chilena “se absteve, não votou”. Ele também se referiu ao presidente eleito como "aquele cara Boric". Mais incisivo foi um dos filhos de Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro, que em 22 de dezembro sugeriu que Boric levará seu país a uma situação semelhante à que a Venezuela chegou com Nicolás Maduro. (Página 12, Argentina; El Diário, Espanha; El Mercurio, Chile; Diario Correo, Peru; Tiempo Argentino; Argentina) | bit.ly/3tnAie8 | bit.ly/3npL2oG | bit.ly/3nni3BO | bit.ly/3tl367b | bit.ly/3rjpOdj

PANDEMIA-CRUZEIROS/ Anvisa recomenda “suspensão definitiva” da temporada de cruzeiros devido a aumento de casos de Covid. Há um “aumento vertiginoso dos casos de Covid-19 a bordo das embarcações nos últimos dias”, alertou a Anvisa, que pede a “suspensão definitiva da temporada de cruzeiros no Brasil”. A Anvisa recomendou esta quarta-feira ao Governo “a suspensão definitiva da temporada de cruzeiros no Brasil, como ação necessária à proteção da saúde da população” devido à nova vaga de Covid-19. (Expresso, Portugal; Correio da Manhã, Portugal) | bit.ly/3FmQz5p | bit.ly/3I1ydZv

VIDEOGAME POLITICO/ "Lulo" contra "Bolsonario": no Brasil, o videogame entre a sátira e a propaganda política. "Kandidatos" apresenta doze lutadores com a imagem de figuras políticas. Com seu sucesso, a última geração de uma linha de videogames politizados é uma prova de como a comunidade de jogos se tornou uma questão eleitoral no país. (Le Monde, França) | bit.ly/33jaaGB

ENCHENTE/ No Brasil, hidrelétrica perto do rompimento ameaça sobrecarregar 100.000 pessoas: o vídeo aéreo. No Brasil, dez pessoas morreram em decorrência das chuvas que atingiram o estado de Minas Gerais. No momento - segundo a mídia - o número de mortos por mau tempo subiu para 19, sem contar as dez mortes causadas pelo desabamento de um pedaço de penhasco em um barco turístico no Lago Capitólio, a 284 km da capital, Belo Horizonte. (La Stampa, Itália; Global Times, China) | bit.ly/3nk1Z3S | bit.ly/33jabdD

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

ARGENTINA/ O governo Alberto Fernández relançou o programa ‘Conectar Igualdad’ que Macri havia desativado, É o plano que busca que todos os meninos e meninas das escolas secundárias estaduais e da educação especial do país tenham acesso gratuito a um computador. O Governo revogou dois decretos Macri, que o haviam paralisado, e relançou o Programa ‘Conectar Igualdad’, que visa fornecer netbooks gratuitos a alunos e professores da rede pública. O acento será colocado em escolas secundárias e escolas especiais. Durante o governo de Cristina Kirchner, 5.300.000 computadores foram distribuídos. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3zUUDJ4

COLÔMBIA/ Justiça: o grito das mães das vítimas de disparos por policiais na Colômbia. Das 46 mortes verificadas pela ONU durante as manifestações sociais de 2021, em pelo menos 28 os responsáveis seriam policiais. Os familiares das vítimas lamentam que não haja progresso nas investigações. Jovens entre 17 e 26 anos de bairros pobres, filhos de camponeses, indígenas e afrodescendentes, deslocados pela violência, vendedores ambulantes, artistas ou estudantes. Esse é o fator comum das mortes durante os protestos de 2021 na Colômbia, evento que mantém uma ferida aberta no país. Segundo as Nações Unidas, pelo menos 28 dessas mortes foram supostamente responsáveis por policiais. Mas, embora quase 7 meses tenham se passado desde o surto social que abalou várias cidades colombianas, as famílias das vítimas ainda aguardam justiça. (El País, Espanha) | bit.ly/3GpSGXD

CUBA-VACINA/ Cuba recebe apoio do Banco Centro-Americano para produzir vacinas. O Banco Centro-Americano de Integração Econômica (CABEI) aprovou um crédito de 46,7 milhões de euros para Cuba com o objetivo de produzir 200 milhões de vacinas contra o coronavírus e outros suprimentos médicos. Além disso, segundo Dante Mossi, presidente da instituição bancária, “contribuirá também para a reativação económica do país”. Não foram especificadas as condições de crédito para Cuba, país membro, mas extra-regional, do CABEI e que muitas vezes enfrenta dificuldades para obter financiamento de organizações bancárias devido às sanções dos Estados Unidos que pesam sobre a nação caribenha. O apoio será supervisionado pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. (La Jornada, México) | bit.ly/3I0WdvU

EL SALVADOR/22 jornalistas de um site de notícias salvadorenho foram alvos do ‘spyware’ Pegasus pela polícia do presidente Bukele. Pelo menos 22 jornalistas do site de notícias independente El Faro foram alvo de spyware de telefone, anunciaram investigadores na quarta-feira, em um dos ataques mais extensos já descobertos usando o software Pegasus que defensores dos direitos humanos dizem ter sido abusado por governos em todo o mundo. O site de notícias digitais é conhecido por suas investigações contundentes sobre o governo do presidente Nayib Bukele. Os jornalistas estavam entre pelo menos 35 pessoas em El Salvador cujos iPhones foram hackeados com Pegasus entre julho de 2020 e novembro de 2021, de acordo com uma análise do ‘Citizen Lab’ de Toronto e outros grupos. Também foram visados ativistas de direitos humanos e repórteres de outras organizações de notícias. (The Washington Post, EUA) | wapo.st/3rfuwbN

FRANÇA-PANDEMIA/ Metade das escolas primárias da França devem fechar devido à greve dos professores. Três quartos dos professores devem sair em protesto contra as medidas de Covid no setor de educação. O presidente Emmanuel Macron reafirmou nesta semana a visão do governo de que um dos maiores sucessos da França durante a pandemia foi manter as escolas abertas mais do que qualquer outro país do mundo. “Acredito fundamentalmente que a escolha que fizemos para manter as escolas abertas é a escolha certa”, disse ele. A França enfrenta uma de suas maiores greves educacionais em décadas na quinta-feira, quando cerca de 75% dos professores devem sair, forçando o fechamento de metade das escolas primárias do país em protesto contra o tratamento do governo das medidas de Covid-19 no setor educacional. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3I6d1ld

GUERRA FRIA/ Ucrânia: OTAN e Rússia dialogam sem sucesso. A primeira reunião na quarta-feira do Conselho OTAN-Rússia desde 2019 confirmou "grandes diferenças" na arquitetura de segurança na Europa. Esta retomada do diálogo foi, no entanto, bem recebida pelos diversos atores, em plena crise ucraniana. Mas as posições permanecem inalteradas. (l’Humanité, França) | bit.ly/3I4FnMm

EUA-INFLAÇÃO/ Inflação dos EUA atingiu 7% em dezembro, ritmo mais rápido desde 1982. A inflação nos EUA atingiu seu ritmo mais rápido em quase quatro décadas no ano passado, quando os desequilíbrios de oferta e demanda relacionados à pandemia, juntamente com estímulos destinados a sustentar a economia, elevaram os preços a uma taxa anual de 7%. O Departamento do Trabalho informou na quarta-feira que o índice de preços ao consumidor – que mede o que os consumidores pagam por bens e serviços – subiu 7% em dezembro em relação ao mesmo mês do ano anterior, ante 6,8% em novembro. Esse foi o mais rápido desde 1982 e marcou o terceiro mês consecutivo em que a inflação ultrapassou 6%. (The Wall Street Journal, EUA) | on.wsj.com/33jachH

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Mário Osava – Brasil/Bolsonaro (UYPress, Uruguai) | “O Estado se desmancha sob Bolsonaro” | bit.ly/3rytjN9

Larry Elliot - EUA/economia (The Guardian, Inglaterra) | “Maior inflação dos EUA em 40 anos sinaliza fim do dinheiro ultra barato” | bit.ly/31VfMGz

Owen Jones – Desigualdade/imposto (The Guardian, Inglaterra) | “À medida que as coisas desmoronam, os superrricos gastam US$ 2 milhões em uísque. Precisamos de um imposto sobre a riqueza” | bit.ly/3zRwOSs

César Verduga Vélez – América Latina/Trump (Tiempo Argentino, Argentina) | “As consequências que a fugaz era Trump deixou na América Latina” | bit.ly/3rytfNp

Grace Blakeley – Pandemia/desigualdade (Jacobin, EUA) | “Os bancos centrais deixaram os superrricos ainda mais ricos durante a pandemia” | bit.ly/3riDPrk

David Rosen – Capitalismo/vacina (Counterpunch, EUA) | “Lucros sobre pessoas: por que os fabricantes de vacinas não foram nacionalizados?” | bit.ly/3KbpfdS

Binoy Kampmark – Julian Assange (Counterpunch, EUA) | “Julian Assange: Mil Dias em Belmarsh” | bit.ly/3toXclx

Joseph Halevi e Peter KrieslerCapitalismo/marxismo (Sinistra in Rete, Itália) | “Michal Kalecki e o marxismo econômico dos anos 1900” | bit.ly/34CIo8i



Conteúdo Relacionado