Clipping Internacional

Clipping Mundo - 23/07/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

23/07/2021 09:24

Walter Souza Braga Netto, ministro da Defesa do Brasil (Adriano Machado/Reuters)

Créditos da foto: Walter Souza Braga Netto, ministro da Defesa do Brasil (Adriano Machado/Reuters)

 
1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

GOLPE/ O ministro da Defesa brasileiro nega suposta ameaça às eleições e gera instabilidade no país. O ministro da Defesa brasileiro, general Walter Braga Netto, negou ter feito uma suposta ameaça de realização das eleições presidenciais do próximo ano caso não se confirme o voto impresso defendido pelo presidente Jair Bolsonaro. O ministro falou após a publicação de uma reportagem do jornal O Estado de São Paulo, segundo a qual Braga Netto condicionou a realização das eleições de 2022 à adoção do voto "auditável" por cédula. Mas, em seu desmentido, frisou que a implementação do “voto eletrônico auditável por meio de recibo impresso é legítima, defendida pelo Governo Federal, e está em análise no Parlamento brasileiro, que é responsável pela análise da matéria”. O líder da extrema direita brasileira, Presidente Jair Bolsonaro, afirmou recentemente que se "não houver eleições limpas" no país, elas não serão realizadas em 2022 , pelo que todas as pesquisas já apontam como grande favorito o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o maior antagonista de Bolsonaro na política. (El Diário, Espanha; El País, Espanha; La Diária, Uruguai; HuffPost, EUA; La Jornada, México) | bit.ly/3y0uWoP | bit.ly/36UURSH | bit.ly/3BBxZpp | bit.ly/3kSpwZ5 | bit.ly/3iCJh4h

BOLSONARO-1/ YouTube censura vídeos de Jair Bolsonaro por desinformação da Covid-19. O YouTube removeu vídeos do canal do presidente brasileiro Jair Bolsonaro por espalhar informações erradas sobre o surto do coronavírus. A medida acontece depois que o presidente brasileiro afirmou que as máscaras são ineficazes e anunciou curas não comprovadas. O ex-capitão do exército de extrema direita ganhou críticas generalizadas por protestar contra os bloqueios, divulgar curas não comprovadas, semear dúvidas sobre vacinas e evitar máscaras. “Nossas regras não permitem conteúdo que afirma que a hidroxicloroquina e / ou ivermectina são eficazes no tratamento ou prevenção de Covid-19, ou que as máscaras não funcionam para prevenir a propagação do vírus”, disse o YouTube em comunicado. (The New York Times, EUA; Público, Portugal; Jornal de Notícias, Portugal) | nyti.ms/3zvb7Gy | bit.ly/2Wi561D | bit.ly/2Wcz9aS

BOLSONARO-2/ Bolsonaro semeia o script Trump para ignorar sua derrota. O presidente Jair Bolsonaro passou a semear dúvidas sobre a confiabilidade do voto eletrônico no Brasil, o mesmo que lhe deu a vitória em 2018. Mas recentemente ele somou às suas tiradas veladas ameaças sobre a celebração das eleições presidenciais do próximo ano, prevendo, segundo analistas, sua eventual derrota. Acossado por uma investigação sobre sua gestão caótica da pandemia e com uma queda acentuada na popularidade, o presidente de extrema direita atirou durante semanas nas urnas eletrônicas usadas desde 1996 e a favor de um "voto impresso e auditável" nas eleições de outubro de 2022. Esta semana, ele sugeriu que, se o Congresso não aprovar uma emenda constitucional para incluir a cédula de papel, ele pode não se candidatar. Ele havia dito anteriormente que pediria uma recontagem pública dos votos. (Últimas Notícias, Venezuela) | bit.ly/3kP3TZS

FOME/‘A fome voltou’: Covid acumula mais miséria sobre os vulneráveis do Brasil. Muitos culpam o fracasso do presidente Jair Bolsonaro em lidar com a pandemia e fornecer apoio adequado para os necessitados. Mesmo antes do coronavírus, a vida era uma luta na Rua da Regeneração, uma rua cheia de lixo na zona norte do Rio de Janeiro. Viciados em crack cadavéricos sondam lixeiras em busca de restos de comida; caídos e caídos esparramados em colchões e tapetes sujos. A pandemia de Covid acumulou ainda mais miséria no que já era um dos endereços mais deprimidos e vulneráveis %u20B%u20Bdo Brasil, deixando seus residentes, como milhões de concidadãos, com fome e medo. A situação de Rua da Regeneração é extrema, mas cenas semelhantes estão acontecendo na nação mais populosa da América Latina, onde pesquisadores dizem que 19 milhões de pessoas passaram fome desde o início de um surto de Covid que matou mais de 540.000. Outros 117 milhões de pessoas - mais da metade da população brasileira - sofreram de insegurança alimentar. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3eOh75j

COVID-19/ O Brasil registra 49.757 novas infecções por Covid-19 em 24 horas. O país registrou 1.412 mortes pelo novo nas últimas 24 horas, com o que o número total de mortes no país pelo vírus aumentou para 547 mil. Além disso, 49 mil 757 novos casos de Covid-19 foram contabilizados para um total de 19 milhões 523 mil 711 infecções acumuladas desde o início da pandemia. Nos últimos sete dias, a média móvel de casos no país foi de 37.313, enquanto a de óbitos foi de 1.153. O Brasil é atualmente o segundo país do mundo com mais mortes por Covid-19, superado apenas pelos Estados Unidos, e o terceiro em casos positivos, atrás dos Estados Unidos e da Índia. (La Jornada, México; Diario Correo, Peru) | bit.ly/3y3msNv | bit.ly/3Bzglmf

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

EUA-PANDEMIA/ EUA em "outro momento crucial", já que a variante Delta impulsiona o aumento nos casos da Covid. Os hospitais estão ficando cheios, especialmente em áreas com vacinação baixa. Os EUA estão "em outro momento crucial nesta pandemia", já que os casos crescentes de Covid-19 não mostram sinais de diminuir, impulsionados pela variante Delta. As autoridades estão ficando preocupadas, pois novos casos continuaram a aumentar rapidamente nas últimas duas semanas e as taxas de vacinação estão presas teimosamente logo abaixo da meta de Joe Biden de 4 de julho de 70% dos adultos americanos tendo tomado pelo menos uma injeção. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3BIbRKn

CUBA/"Deixem Cuba viver": carta aberta a Biden pelo fim do bloqueio à ilha. Sob o título "Let Cuba Live", mais de 400 ex-presidentes e líderes políticos, intelectuais, clérigos, artistas e ativistas de todo o mundo escreveram uma carta aberta ao presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, exigindo que ele levantasse imediatamente o bloqueio que está sujeitando a ilha quase seis décadas atrás. A carta é uma iniciativa do Martin Luther King Memorial Center e das organizações ‘The People's Forum’ e ‘Codepink’ para "mudar a política imoral e míope dos Estados Unidos em relação a Cuba" e "fornecer medicamentos e suprimentos médicos. muito necessários para o povo cubano. A carta é assinada pelos ex-presidentes do Brasil , Lula da Silva, e do Equador, Rafael Correa; os intelectuais Noam Chomsky, Frei Betto e Atilio Borón; o cineasta Oliver Stone e os atores Danny Glover, Jane Fonda e Susan Sarandon, entre outros. (Página 12, Argentina) | bit.ly/3BytBru

COLÔMBIA/ Uma missão argentina denunciou um plano sistemático de repressão ilegal na Colômbia. O relatório final da delegação detalha as ações do governo de Iván Duque diante dos protestos. “O documento é um material mais do que rico para poder abrir jurisdição universal e levar cada uma dessas violações de direitos humanos a julgamento”, disse Ismael Jalil, líder dos Correpi. (Página 12, Argentina) | bit.ly/36XWoaA

ISRAEL-PEGASUS/ Espionagem. Com Pegasus, Israel tece sua internacional repressiva. Na esteira do escândalo de espionagem global, Tel Aviv está criando uma comissão para revisar as licenças de exportação da cibertecnologia. Ferramentas que atendem à sua estratégia diplomática e comercial. Agora está claro que o NSO foi capaz de assinar contratos com terceiros países graças à validação de uma comissão chefiada pelo Ministério da Defesa e serviços de inteligência estrangeiros, o Mossad. E com razão, o mecanismo de avaliação dos países compradores do programa de vigilância, do qual o presidente Emmanuel Macron é um alvo potencial, é classificado como "segredo de estado". (L’Humanité, França) | bit.ly/3hZI0oQ

CHILE/ O Chile vacina totalmente mais de 78 por cento da população contra a Covid-19. O Chile vacinou totalmente 78,34 por cento de sua população-alvo contra Covid-19, ou 11.908.045 pessoas. Até o momento, 13.062.630 pessoas receberam sua primeira dose de vacina, ou 85,93% da população-alvo. Em todo o país, 24.471.952 doses de vacinas foram administradas das mais de 27 milhões de doses de vacinas que chegaram ao país sul-americano até o momento. Nas últimas 24 horas, o Chile registrou 1.861 novas infecções por Covid-19 e 181 mortes, elevando o total do país a 1.604.713 casos e 34.792 mortes. (Global Times, Chile) | bit.ly/36UKAGb

HAITI/ Homenagens e protestos precedem o funeral de Jovenel Moïse. Agitações e protestos obscureceram a vigília do assassinado presidente Jovenel Moïse na quinta-feira, horas antes da celebração dos funerais nacionais em Cap Haitien, a cidade mais importante do norte do país. "Queremos justiça, ninguém pode vir e matar um presidente, queremos saber quem foram os que ordenaram e não são os que estão presos", gritou um dos manifestantes nas ruas de Cap Haitien. Em várias artérias da cidade colonial, a queima de pneus impediu a passagem de veículos, enquanto centenas de pessoas vestindo camisetas com fotos do ex-governador prometeram suspender os funerais até que as investigações fossem concluídas. (La Jornada, México) | bit.ly/3ruHqSS

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Gaspard Estrada – Brasil (The New York Times – ed. esp, EUA) | “O dilema dos militares brasileiros: apoiar Bolsonaro ou a democracia” | nyti.ms/3hWrG86

Geraldo Tadeu Monteiro, entrevista – Brasil (RFI, França) | “O fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões é absurdo, mas seria retrocesso permitir novamente contribuição de empresas” | bit.ly/3hY3nGQ

Ian Sample – Pandemia (The Guardian, Inglaterra) | “As taxas de pessoas com vacinação dupla nos hospitais vão aumentar - mas isso não significa que as vacinas da Covid estão falhando.” | bit.ly/2UEK4tr

Aleida Guevara March – Cuba (Página 12, Argentina) | “Vivo em Cuba” | bit.ly/3rv97uP

Silvio Rodrigues, mensagem – Cuba (Página 12, Argentina) | “O cantor e compositor cubano Silvio Rodríguez pediu a libertação dos detidos ‘que não foram violentos’” | bit.ly/3hZ5MBd

Gianni Fresu – Cuba (Sinistra in Rete, Itália) | “Cuba e a guerra hegemônica do Ocidente contra ‘estados rebeldes’" | bit.ly/3y2XJc2

Angelo Baracca – Cuba (Sinistra in Rete, Itália) | “Cuba: considerações críticas e construtivas a partir de estereótipos” | bit.ly/3hV2vTr

Paul Krugman – EUA (The New York Times, EUA) | “Apenas os pequenos devem pagar impostos?” | nyti.ms/3hZ5MRJ

Luke Savage – Pandemia/Big Pharm (Jacobinlat, América Latina) | “Para acabar com a pandemia é preciso quebrar o monopólio farmacêutico” | bit.ly/3iJwTPZ

Boletim Cultural – China (Sinistra in Rete, Itália) | “Três teses sobre o desenvolvimento econômico chinês” | bit.ly/2W48RHC

Conteúdo Relacionado