Clipping Internacional

Clipping Mundo - 24/09/2021

Notícias internacionais sobre o Brasil; Notícias do Mundo; e Artigos

24/09/2021 09:19

Membros do MTST ocuparam a sede da Bolsa de Valores de São Paulo nesta quinta-feira; manifestantes carregavam faixas e cartazes criticando a desigualdade as políticas econômicas do governo Bolsonaro (Reprodução/MTST/Twitter)

Créditos da foto: Membros do MTST ocuparam a sede da Bolsa de Valores de São Paulo nesta quinta-feira; manifestantes carregavam faixas e cartazes criticando a desigualdade as políticas econômicas do governo Bolsonaro (Reprodução/MTST/Twitter)

 
1. NOTÍCIAS INTERNACIONAIS SOBRE O BRASIL

PROTESTO NA BOLSA/ Manifestantes ocupam a Bolsa de Valores de São Paulo contra a alta dos preços e o desemprego. Dezenas de militantes de movimentos sociais ocuparam a Bolsa de Valores de São Paulo por cerca de uma hora em protesto contra a alta dos preços, o desemprego e a gestão do presidente brasileiro, o de extrema direita Jair Bolsonaro. Liderados pelo Movimento dos Trabalhadores em Situação de Rua (MTST), os manifestantes invadiram o andar térreo da sede da Bolsa, localizada no centro da capital paulista, para "denunciar" a fome e o desemprego que assolam o país. “Escolher a Bolsa de Valores de São Paulo tem sido algo simbólico porque enquanto milhares de famílias passam fome, um pequeno público está lucrando” com essa situação e “ficando mais rico” neste momento “difícil”, Débora Lima, uma das coordenadoras do MTST de São Paulo. Também protestaram contra o líder de extrema direita gritando "tudo é caro, a culpa é do Bolsonaro". (El Diário, Espanha; La Jornada, México; Telesur, Venezuela) | bit.ly/3u8lz56 | bit.ly/3o3U0ZH | bit.ly/3EMao7d

CLÃ BOLSONARO/ Filho de Bolsonaro citado em investigação como chefe de organização criminosa. O vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro, segundo filho do Presidente brasileiro, foi descrito no despacho de um juiz como suposto chefe de uma organização criminosa numa investigação de corrupção. A decisão do juiz Marcello Rubioli, da 1.ª Vara Criminal Especializada do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, autorizou a quebra de sigilos bancário e fiscal de Carlos Bolsonaro, na qual o magistrado descreveu existirem "indícios rotundos de atividade criminosa em regime organizado" no gabinete do filho do Presidente brasileiro e acrescentou que "Carlos Nantes [Bolsonaro] é citado diretamente como o chefe da organização". Carlos Bolsonaro é investigado por suposta prática de peculato num esquema conhecido no Brasil como 'rachadinha', que consiste na entrega ilegal de parte dos salários de assessores parlamentares em troca da manutenção do emprego. Além de Carlos Bolsonaro, a justiça brasileira também está a investigar uma ex-mulher do chefe de Estado brasileiro, Ana Cristina Valle. (Diário de Notícias, Portugal; Sputnik News, Rússia; Jornal de Notícias, Portugal) | bit.ly/3i3JNbM | bit.ly/3inApjN | bit.ly/3lTwH2e

PREVENT SENIOR/ O negacionismo de Bolsonaro teve um poderoso braço clínico, a Prevent Senior. A defesa de tratamentos sem eficácia comprovada para pacientes com covid-19 é uma das marcas da gestão do Presidente brasileiro e encontrou amparo numa das maiores empresas de saúde privadas do país. Desacreditado pela generalidade da comunidade científica, o recurso a estes medicamentos fez parte do modo de atuação de um dos maiores grupos de gestão hospitalar privada do Brasil, com inspiração do Palácio do Planalto, a Prevent Senior. (Público, Portugal) | bit.ly/3u6Drxo

BOLSONARO/Bolsonaro critica decisão de seu Ministério da Saúde que recomendou a vacinação de adolescentes. presidente do Brasil, o de extrema direita Jair Bolsonaro, afirmou que "falta um comandante no Brasil" que "faça valer sua autoridade" em questões como a pandemia do coronavírus, ao criticar a decisão do Ministério da Saúde. “Se eu não falo com o ministério, sou ignorante; se falo, estou interferindo. O que importa mesmo? Falta um comandante no Brasil. Eu queria ser esse comandante, queria ter aquela força para decidir, "disse o líder de extrema direita. Em seguida, criticou o STF por sentença em que reconheceu a autonomia de governadores e prefeitos para decidir sobre a vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos, cujo benefício o presidente duvida. (El Diário, Espanha) | bit.ly/39A3OSS

FAMÍLIA BOLSONARO/ Ao contrário do marido, Michelle Bolsonaro foi vacinada contra o coronavírus. Ela fez isso nos EUA. A viagem do presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, a Nova York continua a oferecer contratempos para o presidente que nega a pandemia covid-19 e antivacinas. Em uma transmissão ao vivo no YouTube, Bolsonaro confessou que foi "não autorizado em sua proclamação contra a imunização" pela primeira-dama Michelle Bolsonaro, que decidiu se vacinar contra o coronavírus acompanhando-o na viagem presidencial para participar da Assembleia Geral da ONU. No entanto, ele antecipou que não decidiu se deixaria sua filha de 10 anos ser imunizada. (Página 12, Argentina) | bit.ly/2WbTL3m

BOLSONARO/ Bolsonaro quis apostar caixa de uísque com Boris Johnson por “anticorpos”. A sugestão de aposta decorreu durante um encontro entre Bolsonaro e Johnson à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas em Nova Iorque. Bolsonaro, que não se vacinou contra a covid-19, queria apostar que tinha mais anticorpos do que o primeiro-ministro britânico, que, por sua vez, recebeu as duas doses da AstraZeneca. (Público, Portugal; Diário de Notícias, Portugal) | bit.ly/3ugbxir | bit.ly/3EP2zgP

BOLSONARISTAS/ Família, armas, vacinas: o que pensam aqueles que elegeram Jair Bolsonaro e por que votariam novamente nele (ou não). Uma pesquisa fornece pistas sobre como o líder de extrema direita venceu em 2018. E os motivos pelos quais muitos se arrependem. Família, armas, corrupção, luta contra a pandemia. Os brasileiros que votaram em Jair Bolsonaro em 2018, em grande medida, continuam defendendo suas ideias, muitas vezes polêmicas, e suas posições às vezes inflamadas. Mas outros, desencantados após quase três anos no cargo, agora soltam sua mão e se recusam terminantemente a elegê-lo novamente no próximo ano. A pesquisa qualitativa e aprofundada foi realizada em maio deste ano pelo Instituto para a Reforma das Relações entre o Estado e as Empresas (IREE) e o Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública da Universidade do Rio de Janeiro (LEMEP) em diferentes cidades do Brasil. (El Clarín, Argentina) | bit.ly/39COwNf

LULA/ Lula da Silva segue imbatível e venceria no primeiro turno. Novo levantamento do Ipec vai ao encontro de outro publicado pelo Instituto Datafolha, que também deu grande vantagem ao líder petista. Quase um ano após as eleições no Brasil, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se firmou como um sério candidato ao retorno ao governo. De acordo com a última pesquisa divulgada nesta semana, Lula venceria no primeiro turno, se as eleições, marcadas para outubro de 2022, fossem realizadas agora. O Ipec traçou dois cenários possíveis para as eleições. No primeiro, ele ofereceu aos entrevistados uma lista de cinco possíveis candidatos. O principal favorito seria Lula, com 48% dos votos, seguido de Bolsonaro, que receberia 23% dos votos. Muito atrás estavam o líder trabalhista Ciro Gomes (8%), o governador de São Paulo, João Doria (3%); e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (3%). (El País, Uruguai; UYPress, Uruguai) | bit.ly/39z5Gex | bit.ly/3u6onzI

ÍNDIOS/ Ministro do STF proíbe missões religiosas em terras indígenas. A medida é tomada para proteger os povos indígenas da Covid-19. O ministro do STF, Luís Roberto Barroso, proibiu nesta quinta-feira a instalação de missões religiosas em terras indígenas com a presença de povos em isolamento voluntário. A proibição vem após denúncias feitas por missões neopentecostais lideradas pela entidade governamental Funai durante a gestão do presidente Jair Bolsonaro. O juiz Barroso argumentou na disposição que a medida de isolamento é executada para proteger os povos nativos da pandemia Covid-19. (Telesur, Venezuela) | bit.ly/3o4PJ8w

BANCO CENTRAL/ Brasil volta a elevar taxa Selic em um ponto. O Banco Central elevou suas taxas básicas para 6,25%. Depois de perder a batalha contra a inflação neste ano, aponta para a meta oficial fixada para 2022. O jogo parece difícil. As projeções de crescimento são revisadas para baixo. Aperte os parafusos. Esta é a mensagem enviada pelo Banco Central do Brasil ao final da reunião de seu comitê de política monetária na quarta-feira, que decidiu elevar em um ponto as taxas básicas, como havia feito no mês passado. No geral, esta é a quinta alta consecutiva da taxa Selic. E o banco central presidido por Roberto Campos Neto promete mais uma volta do parafuso em dezembro. Depois de ter atingido o piso de 2% na virada de 2020-2021, a taxa básica atingiria, assim, 7,25% no final deste ano, ou seja, mais do que em 2019. Uma verdadeira reversão da situação. (Les Echos, França) | bit.ly/3AEHW4J

TERCEIRA VIA/Há no Brasil uma luta pela ‘terceira via’, entre Lula e Bolsonaro. Há pouco mais de 10 dias, uma manifestação nas ruas mediu a temperatura de uma possível terceira via para as eleições de 2022 no Brasil. Com o slogan inicial Nem Lula nem Bolsonaro, alterado no último minuto para Saia do Bolsonaro, a convocação do dia 12 de setembro não foi além de um protesto desolado. Foi uma alegria para os seguidores do ex-presidente brasileiro (do Partido dos Trabalhadores), que lidera as pesquisas eleitorais, e para os bolsonaristas, que ocupam o segundo lugar na intenção de voto um ano antes das eleições gerais. O último levantamento do instituto Datafolha mostra que Lula lidera em todos os cenários, e tem uma vitória certa no segundo turno contra o Bolsonaro, de 56% a 31%. (El País, Espanha) | bit.ly/3CHKY8L

2. NOTÍCIAS DO MUNDO

MEIO AMBIENTE/ cúpula do clima da Cop26. Uma greve climática global de jovens manifestantes na sexta-feira atingirá mais de 1.400 locais com a mensagem de que “a mudança está chegando - das ruas”. A greve é a primeira ação mundial desde o início da pandemia do coronavírus, e está ocorrendo semanas antes da cúpula climática Cop26 em Glasgow, no Reino Unido. As greves de jovens, junto com os impactos cada vez mais severos de condições meteorológicas extremas, foram creditadas por elevar o perfil da emergência climática. (The Guardian, Inglaterra) | bit.ly/3EL0YZA

ONU-CUBA/ Presidente cubano acusa Joe Biden de intensificar o bloqueio em uma "guerra não convencional" contra Cuba. O presidente cubano garantiu à ONU que Washington "extorquia Estados soberanos". O presidente reiterou a solidariedade de seu governo com os da Venezuela e da Nicarágua. Em relação à pandemia do coronavírus, ele alertou que ela exacerbou a desigualdade global e demonstrou o fracasso das "receitas neoliberais". (Página 12, Argentina; La Jornada, México) | bit.ly/3i4nbYS | bit.ly/3CLqID9

ITÁLIA-EXTREMA DIREITA/As piores horas de Matteo Salvini. O líder da Liga, de extrema direita, que perdeu quase 15 pontos em pouco mais de um ano, começa a ser questionado em seu partido e sua liderança está em jogo nas próximas eleições municipais. Matteo Salvini (Milão, 48 anos) foi um ciclone irreprimível. Ninguém entendeu bem como, mas em 2013 pegou um partido que estava destruído, endividado e com estimativa de votos de 4%, e o transformou em uma formação hegemônica na Itália. Mas hoje, apenas dois anos depois, quando a política exige construir, perdeu 15 pontos e corre o risco de uma rebelião interna se o resultado das próximas eleições municipais (em 3 de outubro) não for bom. (El País, Espanha) | bit.ly/3i6hN7s

CATALUNHA/ O líder independentista catalão Carles Puigdemont foi preso na Itália. Exilado na Bélgica desde a tentativa de secessão de 2017 para escapar da justiça espanhola, o catalão Carles Puigdemont foi preso na Sardenha na quinta-feira. (Tribune de Genève, Suíça) | bit.ly/3AI3jCi

PERU/ Promotoria peruana ordena a cremação imediata do ex-líder terrorista Abimael Guzmán. Após procedimentos labirínticos, a Terceira Promotoria Criminal Provincial de Callao, nos arredores de Lima, finalmente ordenou a cremação imediata do corpo de Abimael Guzmán, líder do grupo terrorista Sendero Luminoso. Guzmán morreu em 11 de setembro, aos 87 anos, em um presídio de segurança máxima, onde cumpria pena de prisão perpétua. Desde então, o governo e o estado peruanos têm debatido o que fazer com seu corpo. O Congresso foi forçado a aprovar uma lei para as touradas que abriria o caminho para incinerar os mortos. (El Periodico, Espanha) | bit.ly/2XIaRWT

AUKUS-EUA E FRANÇA/Uma Paris furiosa chama o acordo cancelado de uma "facada nas costas". Biden e Macron discutem uma sub-função. O presidente dos EUA, Joe Biden, e o francês Emmanuel Macron tiveram um telefonema "amigável" na quarta-feira para neutralizar uma profunda discussão sobre as vendas de submarinos para a Austrália. Paris chamou o plano EUA-Austrália, que foi lançado como parte de um novo grupo de segurança Indo-Pacífico junto com a Grã-Bretanha, de uma facada nas costas e também retirou seu embaixador da Austrália. (Global Times, China) | bit.ly/2XKWwsE

3. ARTIGOS/ENTREVISTAS

Michelle Fernandez, entrevista – Brasil/pandemia (Sputnik News, Rússia) | “CPI da Covid: estudo da Prevent Senior ‘é algo nazista’” | bit.ly/3kEWewo

Yannis Varoufakis – Europa (Project Syndicate, EUA) | “A última humilhação da Europa” | bit.ly/2XNFXwR

Sam Levine – EUA/restrições ao voto (The Guardian, Inglaterra) | “Como o Texas está torpedeando os direitos de voto no Texas” | bit.ly/3i3rKmk

Dominique Galeano – El Salvador (Página 12, Argentina) | “Em um ano Nayib Bukele dominou os três poderes” | bit.ly/3lY44AH

Garbe e outros – Alemanha/Verdes (Der Spiegel, Alemanha) | “Como o Partido Verde alemão foi do topo para o chão” | bit.ly/3CCUkCE

David Vine, entrevista – EUA/Guerra Fria (Democracy Now, EUA) | “Estados Unidos da Guerra: como o acordo do submarino nuclear AUKUS pode inflamar a tensão e provocar uma guerra com a China” | bit.ly/2XXY4Ab

Marine Bulard – França/Guerra Fria (Le Monde Diplomatique, França) | “A crise dos submarinos: Paris está fazendo círculos na água.” | bit.ly/2TXfH0N

Moira Donegan – Pandemia/Vacinação (The Guardian, Inglaterra) | “Vacinar as crianças não é apenas uma vitória para a saúde. É uma tábua de salvação para milhões de mulheres” | bit.ly/3lY45Vh



Conteúdo Relacionado