Arte/Humor

Diário do Bolso, 28 de novembro de 2021

 

28/11/2021 11:38

 

 
Pô, Diário, estou começando a achar que sou mais pé frio que aquele cara dos Bitols, o Miqui Jeguer.

Eu sempre disse que era palmeirense, mas, pra essa final de Libertadores, como o Flamengo tem mais torcida, eu disse que ia torcer pra ele.

Me ferrei! Agora vou passar por traidor e fracassado. Praticamente um Moro. Que me traiu e teve a prisão do, Lula revogada.

Falando em traição, quando o cara tava por baixo, levei ele pro jogo do Flamengo. E acabei levando uma punhalada nas costas. O pior é que essa facada nem rendeu um marketinzinho.

Mas eu não entendo como o Flamengo perdeu. Não entendo! No comando tinha o Renato Gaúcho que é um bolsonarista de carteirinha cheia. E, se ele é bolsonarista, é porque deve ser muito inteligente e preparado. Por mim, ele até seria o técnico da seleção.

Os comunopalmeirenses estão dizendo que o Flamengo é que nem o Brasil: um gigante dirigido por uma besta.

Mas essas críticas são intriga da oposição.

Por que estão chamando o cara de incompetente? Só porque ele não tinha esquema de jogo e escalou mal a sua equipe? Só porque, em vez de estudar e aprender, ele ia pra praia?

Não vejo nada de mal nisso. Foi o que eu fiz e o Brasil está ótimo.

#diariodobolso

Conteúdo Relacionado