Arte/Humor

Diário do Bolso, 7 de janeiro de 2019

 

07/01/2019 15:03

 

 
Caro Diário, hoje de manhã fiquei no espelho tentando fazer um topete que nem o do Trump. Mas não deu muito certo. Meu cabelo é liso demais. Caía sempre no meu olho. Só se eu pusesse um laquê. Mas aí os meninos iam tirar sarro de mim.

Pensando em topete, lembrei da conversa que eu tive com o Onyx. E lembrei porque o cabeça de ovo não tem um fio de cabelo, mas tem topete.

Uns dias atrás ele me perguntou se podia mandar embora os comissionados do Gabinete Civil para despetizar a pasta.

Eu respondi:

- Despetiza, dedetiza, faz o que quiser!

- Os jornalistas vão me encher o saco, porque eu acabei de falar que a gente precisa de um pacto a favor do Brasil.

- Que nada! Isso não vai te dar problema nenhum. Teve aquela história de Caixa 2 da JBS e ninguém mais te enche o saco, só porque você disse que se acertou com Deus e tatuou uma frase da bíblia no braço. Fica tranquilo que a tua careca é de tefal. Manda a gentalha embora!

Ele saiu feliz da vida e exonerou 320 de uma vez. E tem que ser assim mesmo. Vamos fazer uma limpa. Nos outros ministérios também. Não tem essa de anistia, de bancar o bonzinho. É botar todo mundo na rua. Tem que instalar um terror aí.

Os funcionários públicos tão até apagando os feicebuquis. Quer dizer, os foicebuquis, porque era tudo propaganda comunista.

E a gente não vai passar só funcionário público na peneira, não. Por exemplo, o Vélez está pensando em acabar com as bolsas de estudo para esquerdistas. Se o cara quer fazer pós-graduação no exterior, tem que ser da nossa turma. Não vamos dar dinheiro pra maconheiro comunista ficar falando francês.

A turma da iniciativa privada também já está se mexendo. Aquela bonitona que tem uma faculdade em São Paulo me garantiu que viu pessoalmente os feicebuquis dos professores e deu bilhete azul prum monte deles. Só não despediu mais gente porque não tinha dinheiro para pagar os direitos trabalhistas. Mas isso também vai acabar.

Até escolinha de criança já está proibindo o pessoal de falar no tal de Paulo Freire. Não sei o que esse velhinho fez, mas o Olavo disse que ele é uma praga ideológica. E se o Olavo disse é porque é.

Bom, por hoje chega de diário. Tenho coisa mais importante pra fazer.

PS:Será que o barbeiro do Neymar consegue me fazer um topete? E seu eu pintasse de loiro? Tenho que ver isso aí.

@DiariodoBolso



Conteúdo Relacionado