Leituras

Lançamento do site-livro 'Paisagens do fim', de Carlos Alberto Mattos

 

27/09/2021 14:50

Cena de Himizu (2011), de Sion Sono

Créditos da foto: Cena de Himizu (2011), de Sion Sono

 
Dentro da programação do festival Recine 2021, o crítico e pesquisador de cinema Carlos Alberto Mattos vai lançar online o seu site-livro "PAISAGENS DO FIM – Cenários reais pós-catástrofe no cinema de ficção". A live de lançamento será na segunda-feira, 4 de outubro, às 16 horas, no canal Youtube Vertentes do Cinema.

PAISAGENS DO FIM é um estudo sobre filmes de ficção que utilizam locações recém-afetadas por catástrofes.

Como as "ruínas do presente" são descortinadas pelas câmeras?

Como os personagens se relacionam com esses espaços?

Que relações simbólicas se estabelecem com os vestígios dos desastres?

Abordando desde filmes rodados durante a I Guerra Mundial até títulos recentes, o site-livro examina o tratamento dramatúrgico de cenários devastados por guerras, desastres naturais, acidentes nucleares, construção e destruição de barragens, etc. As "paisagens do fim" podem se referir a seus próprios momentos históricos ou serem agenciadas para outros significados puramente ficcionais.

A pesquisa cobriu obras de cineastas como David W. Griffith, Abel Gance, John Huston, Roberto Rossellini, Billy Wilder, Chris Marker, Abbas Kiarostami, Volker Schlöndorff, Andrei Takovski, Spike Lee, Sion Sono, Jia Zhang-ke e Walter Salles, entre outros.

O site-livro reúne textos, fotos e trechos de filmes, além de remeter a outros trabalhos que tratam do mesmo tema. O estudo abrange a íntima relação do cinema com a ideia de catástrofe e a fascinação que as ruínas exercem sobre as artes desde o Renascimento.

Na live de lançamento, o autor vai apresentar as funcionalidades do site-livro e discorrer sobre os atributos desse modelo de publicação.



Serviço

Lançamento do site-livro PAISAGENS DO FIM, de Carlos Alberto Mattos

4 de outubro de 2021, às 16h

youtube.com/c/VertentesdoCinema

'Os assassinos estão entre nós' (1946), de Wolfgang Staudte

'O ocaso de um povo' (1981), de Volker Schlöndorff


Conteúdo Relacionado