O jornalismo de esquerda precisa de você. Venha ser parceiro Carta Maior. Doe agora!
Seja Parceiro Carta Maior
Política

Discurso do Fórum 21 na manifestação de 21/05/2016

É preciso avançar com novas políticas, regular a mídia, fortalecer a democracia, representativa e participativa, e a volta do país ao estado de direito

22/05/2017 10:09

Boa tarde, companheiras e companheiros, mulheres guerreiras, juventude rebelde e combativa, trabalhadores e trabalhadoras que constroem de fato este país.
 
Quero começar perguntando logo a vocês:
 
Não vamos sair das ruas até derrubar Temer e garantir Diretas Já! - É ou não é?
 
Falo aqui em nome de um coletivo forte de intelectuais, de professoras e professores de várias Universidades, de jornalistas, profissionais da comunicação, de gente que ajuda a pensar o presente e o futuro do Brasil.
 
Falo em nome do Fórum 21.
 
Pessoal, a história se acelerou nos últimos quatro dias no nosso país.
 
Aquilo tudo que a gente já denunciava faz tempo ficou claro pra todo mundo.
 
A mídia monopolizada, com a Globo à frente, o sistema financeiro – os rentistas que vivem de juros absurdos - e os grandes grupos patronais deram um golpe para impor ao Brasil um plano antipopular e antinacional que o povo derrotou quatro vezes nas urnas.
 
E agora denúncias com provas - não apenas delações sem provas obtidas sob coação - desmoralizaram os principais golpistas.
 
Os golpistas estão tentando acabar com a Constituição Cidadã de 88 e com as leis trabalhistas.
 
Estão entregando o patrimônio nacional, o nosso petróleo, as nossas terras e as riquezas da Amazônia.
 
Temer e sua quadrilha mafiosa deram o golpe para saquear o Brasil e depois escapar livres, leves e soltos.
 
Na última quarta-feira, 17 de maio, o mundo desses fantoches começou a cair.
 
O salve-se quem puder entre corruptos e corruptores estragou a festa e interrompeu os planos golpistas.
 
Mas não podemos nos iludir. Não podemos nos iludir: os que estão por trás do golpe vão buscar novos fantoches para continuar suas antirreformas neoliberais. É isto que importa pra eles.
 
Mas somos nós que vamos estragar de vez a festa deles. Não vamos permitir mais um golpe dentro do golpe.
 
Os golpistas já anunciaram o novo plano: uma saída autoritária, por cima do povo, acobertada pelo manto da Justiça.
 
Querem uma operação rápida para substituir "o Temer golpista" com eleição indireta.
 
Nós vamos aceitar eleição indireta? - NÃO! 
 
O Temer golpista está dizendo que vai resistir. Até quando? Até amanhã? Até a próxima quarta-feira, dia do Ocupa Brasília e de novas manifestações por todo o Brasil? Não importa.
 
A certeza que temos é que o povo brasileiro não vai dar nenhuma trégua até derrubá-lo da presidência que usurpou.
 
Companheiras e companheiros,
 
Não há saída para as forças democráticas, progressistas e de esquerda senão avançar com as mobilizações sociais.
 
Chamar nova greve geral, parar o país pra barrar definitivamente as antirreformas, derrubar Temer e garantir Diretas Já!
 
É preciso deixar bem claro: Tudo de ruim que os golpistas fizeram e estão fazendo não vai durar.
 
O primeiro governo popular eleito democraticamente vai revogar tudo isso com o apoio do povo.
 
Revogar sumariamente. Nenhum direito a menos. É ou não é?
 
Um programa popular para retomar o crescimento e a geração de empregos vai passar por isso e pela retomada do legado e das políticas públicas dos governos do presidente Lula e da presidenta Dilma.
 
Mas não só isso. Vai ser preciso avançar com novas políticas, com a regulamentação da mídia, com o fortalecimento da democracia, representativa e participativa, com a volta do país ao estado de direito. E, depois, com uma Constituinte exclusiva e soberana.
 
 
Fórum 21: Ideias para o Avanço Social